PUBLICIDADE

Presidente do Atlético-GO contesta possível pênalti não marcado contra o Atlético-MG

15 mai 2022 13h44
ver comentários
Publicidade

O presidente do Atlético-GO, Adson Batista se manifestou em suas redes sociais e contestou um possível pênalti não marcado a favor da equipe goiana, na derrota contra o Atlético-MG, por 2 a 0, neste sábado.

"O que pedimos, CBF e Wilson Seneme, é isenção da arbitragem. Vejam o exemplo do Luiz Flávio de Oliveira, que apita com critério", escreveu o dirigente em sua conta do Twitter.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade