0

Pedido de anulação de partida entre Botafogo e Palmeiras será julgado nesta terça

17 jun 2019
16h39
atualizado em 18/6/2019 às 18h04
  • separator
  • comentários

Palmeiras venceu por 1 a 0; Botafogo pede anulação por uso irregular do VAR(Foto: Cesar Grecco/SEP)

A diretoria do Botafogo está bastante esperançosa em relação ao resultado do julgamento do pedido de anulação da partida contra o Palmeiras. O Alvinegro de General Severiano foi derrotado por 1 a 0, mas entrou com ação no STJD pedindo a anulação da partida, alegando uso irregular do VAR.

O julgamento do pedido vai acontecer nesta terça-feira, em Salvador, em sessão itinerante do tribunal. O relator do caso, Decio Neuhaus, já recebeu o relatório da CBF sobre a utilização do VAR na partida, além de áudios e imagens, referentes à solicitação do clube carioca.

A partida entre Botafogo x Palmeiras foi disputada no dia 25 de maio no estádio Mané Garrincha, em Brasília e o resultado está sub judice. A alegação dos advogados do Botafogo é que o jogo deve ser anulado por causa do uso irregular do VAR.

No entender dos cariocas, o lance que decretou a vitória palmeirense foi ilegal porque o árbitro Paulo Roberto Alves Junior já havia determinado o reinício do jogo quando decidiu analisar as imagens pelo VAR e acabou marcando o pênalti que decretou a vitória do Palmeiras. Para pedir a anulação da partida, os advogados do Botafogo alegaram ter sido cometido um erro de direito que acabou prejudicando a equipe carioca.

Saída - A diretoria do Botafogo está esperando o retorno dos jogadores da folga causada pela Copa América para discutir a reformulação do elenco. Os meia Gustavo Ferrareis e Leo Valencia não estão nos planos do técnico Eduardo Barroca e os dirigentes buscam encontrar uma saída para o problema. Ferrareis foi emprestado pelo e seu empresário já estaria negociando sua transferência para o exterior. O empresário que cuida dos interesses do chileno Leo Valencia ainda não se manifestou sobre a intenção do clube.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade