3 eventos ao vivo

Palmeiras fecha maratona e tem 1ª semana livre após parada

7 ago 2019
07h11
atualizado às 07h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Felipão terá uma semana para preparar a equipe para o jogo com o Bahia (Foto: Cesar Greco/SEP)

O Palmeiras encerrou uma cansativa maratona de oito jogos em 25 dias no último domingo, quando empatou com o Corinthians, na Arena, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Agora, Luiz Felipe Scolari tem a primeira semana livre de treinos desde a parada da Copa América para corrigir os erros da equipe, que somou apenas duas vitórias, quatro empates e duas derrotas no período, resultados que geraram um clima de insatisfação da torcida.

Além dos resultados negativos, Felipão buscará melhorar o rendimento do time visando a disputa pela liderança do Brasileiro, perdida para o Santos há duas rodadas, e as quartas de final da Libertadores, onde terá choque com o Grêmio, no dia 20. O próximo compromisso, porém, é diante do Bahia, no Allianz Parque, no domingo, pelo torneio nacional.

A semana livre também será usado para recondicionar os jogadores que sofreram com as longas viagens em sequência. Na trinca de jogos com Internacional, Ceará e Godoy Cruz, por exemplo, os atletas percorreram mais de 10 mil quilômetros (contando os percursos São Paulo - Porto Alegre, Porto Alegre - Fortaleza, Fortaleza - Buenos Aires, Buenos Aires - Mendoza) em sete dias.

Por fim, o Verdão trabalhará para colocar seus reforços à disposição de Luiz Felipe Scolari. O centroavante Henrique Dourado está em processo de recuperação de uma lesão na tíbia e deve demorar por volta de 20 dias para estrear. Em contrapartida, Vitor Hugo e Luiz Adriano já vinham trabalhando normalmente com Fiorentina, da Itália, e Spartak Moscou, da Rússia, respectivamente, e têm mais chances de entrar em campo.

Eliminado da Copa do Brasil pelo Internacional, o Palmeiras segue vivo na Libertadores, torneio em que enfrentará o Grêmio por uma vaga na semifinal. O clube palestrino joga a competição continental e o Brasileiro, onde é o vice-líder, com 28 pontos, quatro a menos que Santos, na sequência da temporada.

*Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade