0

Nenê minimiza idade e diz que pode atuar nos 38 jogos do Brasileiro

28 mai 2018
15h06
atualizado às 15h19
  • separator
  • comentários

O veterano Nenê, após marcar dois gols na vitória do São Paulo por 3 a 1 sobre o América-MG, afirmou que se sentia como se tivesse com 25 anos. Aos 36, o meia vê os questionamentos sobre sua idade como motivação e quer provar que não está velho para o futebol participando de todas as 38 rodadas do Campeonato Brasileiro.

"Ninguém imaginava que estaria jogando como estou jogando. Falo fisicamente, nem falo em termos técnicos. É uma coisa que faz parte e gosto de mostrar que essas pessoas estão equivocadas. Estou demonstrando isso jogo a jogo e pretendo jogar os 38 (jogos)", projetou, em entrevista ao canal Espn, nesta segunda-feira.

No que depender do técnico Diego Aguirre, Nenê dificilmente sairá do time. O camisa 7 é o único jogador do elenco que participou de todos as 15 partidas em que o uruguaio esteve à frente da equipe.

"O treinador que vai decidir, mas claro que vão ter jogos que vão ser muitos desgastantes. Mas por enquanto está tudo bem, estou me sentindo bem em relação a isso. Fisicamente não estou sentindo nenhum tipo de desgaste, além do normal", assegurou.

Vice-artilheiro do time na temporada com seis gols, Nenê nem sempre teve lugar cativo no Tricolor. Com Dorival Júnior, antecessor de Aguirre, o meia chegou a ocupar o banco de reservas em alguns jogos. O atleta, no entanto, nega quaisquer rusgas com o ex-treinador, que chegou a afirmar publicamente que não havia pedido a contratação do ex-Vasco.

"Na verdade, não foi ele quem pediu, mas foi com a aprovação dele. Ele disse que queria na hora, mas são coisas que fazem parte. Às vezes, o treinador está pensando em alguma coisa que está precisando, e a diretoria está pensando em outra. Não tive nenhum tipo de pensamento equivocado em relação a isso. Já passou. O Dorival é um cara que respeito muito, trabalhei com ele já. É o de menos. Está tudo bem", contemporizou.

Único invicto do Brasileirão, com três vitórias e quatro empates, o São Paulo ocupa o quarto lugar, com 13 pontos ganhos, apenas um a menos do que o líder Flamengo - o time voltou a ingressar no G4 após 82 rodadas. Apesar do bom momento, Nenê pede cautela no clube do Morumbi.

"Essa coisa de invicto não tem peso. Pelo contrário. Temos que ver de uma maneira positiva, de continuar fazendo um bom trabalho. Estamos no caminho certo. Não fizemos nada ainda, mas acredito que passo a passo estamos nos encontrando cada vez mais, entrosando bastante", concluiu.

O próximo compromisso do São Paulo será diante do Botafogo, nesta quarta-feira, às 21 horas (de Brasília), no Morumbi. O time iniciará a preparação ao duelo na tarde desta segunda, no CT da Barra Funda.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade