PUBLICIDADE

Luís Castro vê justiça no empate entre Botafogo e América-MG

22 mai 2022 15h44
ver comentários
Publicidade

Um tempo para cada lado, igualdade no placar e justiça no resultado. Esta é a avaliação do técnico Luís Castro do empate por 1 a 1 entre Botafogo e América-MG, no Independência, no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro.

O América-MG foi superior na etapa inicial, enquanto o Botafogo reagiu e foi melhor no segundo tempo, chegando ao empate.

"Foi um primeiro tempo totalmente dominado pelo América. Tivemos dificuldades de colocar pressão. Eles acharam espaços na nossa defesa. No segundo tempo, dominamos o jogo. Às vezes, é difícil fazer a equipe voltar aos trilhos. É um jogo de duas partes, claramente. Tivemos que fazer várias mudanças na equipe. Jogamos em 3-3-4 em alguns momentos", analisou Luís Castro.

Assim, para o técnico do Botafogo, o empate foi justo no Independência, embora o clube carioca quase tenha virado o placar, mas parou em Jailson, goleiro do América-MG.

"Mesmo tendo muitas situações de gol nos minutos finais, o resultado foi justo. Não posso esquecer do primeiro tempo do América. A nossa vitória seria uma injustiça com o bom trabalho do América", afirmou o técnico português.

Com o empate, o Botafogo agora tem 12 pontos no Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, o Fogão visita o Coritiba, domingo, às 16h (horário de Brasília), no Couto Pereira.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade