0

Jean assume titularidade em meio a declínio defensivo do São Paulo

15 out 2018
07h03
atualizado às 12h18
  • separator
  • comentários

O goleiro Jean foi a grande novidade na escalação do São Paulo para o duelo com o Internacional, no último domingo, no Beira-Rio. Foi a primeira vez na temporada que ele substituiu Sidão por uma escolha técnica de Diego Aguirre.

"Foi uma decisão como tantas outras. Era uma boa opção. Não tenho muito mais para falar do que isso", disse o treinador, ao ser perguntado sobre o motivo da mudança.

Seja como for, a fase do time não indica tranquilidade ao camisa 1, pois um dos sintomas da má campanha no segundo turno do Campeonato Brasileiro tem relação com a abrupta queda de rendimento do sistema defensivo tricolor.

Em dez jogos disputados nesta segunda metade da competição, a equipe dirigida por Aguirre sofreu 11 gols, sendo que oito ocorreram nas últimas quatro partidas - nos empates com América-MG (1 x 1) e Botafogo (2 x 2), e nas derrotas para Palmeiras (0 x 2) e Internacional (1 x 3).

É a quinta pior marca do returno, ficando à frente apenas de Sport (19), Paraná (18), Chapecoense (16) e Botafogo (14). E um tipo específico de jogada pode explicar o mau momento da defesa são-paulina: a bola aérea. Ela foi a razão de cinco dos sete últimos gols sofridos pelo São Paulo (veja no vídeo abaixo).

Para o próximo compromisso do São Paulo, o duelo com o Atlético-PR, sábado, no Morumbi, Diego Aguirre fará mudanças no miolo de zaga, já que Anderson Martins foi expulso contra o Inter. Assim, Arboleda, de volta da seleção equatoriana, retorna à equipe titular.

"Temos que mostrar um futebol melhor. Estamos sendo irregulares, caiu o nível e é fundamental que a confiança volte rapidamente. O psicológico pode influenciar, estamos em um momento complicado", avaliou Aguirre.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade