0

Inter sofre virada para o Goiás no Serra Dourada

25 ago 2019
18h09
atualizado às 18h41
  • separator
  • 0
  • comentários

Com os reservas, o Internacional visitou o Goiás neste domingo, mas sofreu a derrota por 2 a 1 no Serra Dourada. Em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Colorado saiu na frente na primeira etapa, teve um jogador a mais durante toda a partida, mas levou o empate e a virada no segundo tempo.

O resultado deixa o Internacional com 24 pontos, na sétima colocação. Pelo Brasileiro, a equipe volta a campo no próximo sábado, quando encara o Botafogo no Beira-Rio. Antes disso, o time de Odair Hellmann tenta reverter em casa a derrota por 2 a 0 para o Flamengo na Libertadores, nesta quarta-feira. Já o Goiás sobe para o 11º lugar, com 21 pontos e encara o Fortaleza fora de casa na próxima rodada.

Com um gol logo aos 11 minutos, e um jogador a mais desde o início da primeira etapa, o Inter não passou apuros na primeira parte do jogo. Mesmo sem muita agressividade no ataque, o Colorado soube controlar bem e não sofreu sustos.

Na segunda etapa, entretanto, o Goiás não ficou atrás mesmo com um jogador a menos. Partindo para cima aos poucos, o Esmeraldino chegou ao empate com um belo gol de Michael aos 25 minutos. Foi só então que o Inter tentou o ataque, mas não conseguiu transformar as chances em gol. E quando o empate já era quase decretado, Rafael Vaz marcou um golaço de falta, aos 50 minutos, para virar o jogo.

O jogo - Não demorou muito para o Internacional abrir o placar em pleno Serra Dourada. Na saída errada do Goiás, aos onze minutos, Guilherme Parede recebeu bom passe de Wellington Silva e mandou para o fundo do gol.

E não bastasse o gol, na mesma jogada o Inter ficou com um jogador a mais para o restante da partida. Isso porque, através do VAR, a arbitragem viu uma agressão de Léo Sena na origem do lance, e Marielson Alves Silva mostrou o cartão vermelho para o meia do Goiás.

Com um a mais, o Colorado controlou o jogo no primeiro tempo sem maiores dificuldades. O time de Odair Hellmann adotou cautela, sem ser agressivo no ataque.

Na segunda etapa, o Inter chegou assustando logo aos dois minutos com Wellington Silva, mas quem balançou as redes foi o Goiás. Mesmo com um a menos, o Esmeraldino foi para cima e, em bela jogada individual Michael empatou a partida aos 25.

Foi só então que o Internacional partiu para o ataque, tentando se aproveitar da vantagem numérica. Guilherme Parede quase marcou o seu segundo, aos 38, depois de uma finalização de letra, mas Tadeu conseguiu fazer boa defesa.

Quando tudo caminhava para o empate, o Goiás teve uma falta perigosa, aos 50 minutos. O zagueiro Rafael Vaz foi para a cobrança e mandou a bola no ângulo para fazer um golaço e dar a vitória ao time da casa.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 2 X 1 INTERNACIONAL

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO

Data: 25 de agosto (domingo)

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)

Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

VAR: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)

Cartões amarelos: Klaus (Internacional); Leandro Barcia (Goiás)

Cartões vermelhos: Leó Sena (Goiás)

Gols: Guilherme Parede, aos 11 do 1ºT; Michael, aos 25 do 2ºT

GOIÁS: Tadeu; Yago Rocha (Geovane), Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jeferson; Yago Felipe, Léo Sena, Marcelo Hermes e Michael; Rafael Moura (Leandro Barcia) e Kayke (Renatinho)

Técnico: Ney Franco

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Zeca, Klaus, Emerson Santos e Natanael (Erik); Rithely (Sarrafiore), Bruno Silva e Nonato; Wellington Silva (Pedro Lucas), Nico López e Guilherme Parede

Técnico: Odair Hellmann

Veja também

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade