0

Insatisfeito, Galiotte visita sede da CBF e debate aplicação do VAR

3 out 2019
23h57
atualizado em 4/10/2019 às 09h50
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, esteve na sede da CBF nesta quinta-feira. O mandatário do time alviverde, ainda insatisfeito com os acontecimentos do empate contra o Internacional, participou de encontro com a Comissão de Arbitragem da CBF e debateu a aplicação do VAR, conforme publicou o Globoesporte.com.

Na tarde do último domingo, com o placar empatado por 1 a 1, o Palmeiras chegou a marcar o segundo no Beira-Rio. Após dividida entre Willian e Klaus, Lucas Lima rolou para Bruno Henrique finalizar. E seguida, o árbitro Braulio Machado reviu o lance no monitor do VAR e decidiu dar toque de mão de Willian.

Logo depois da partida, válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, Maurício Galiotte e o técnico Mano Menezes reclamaram intensamente. O presidente palmeirense, inclusive, indiciou favorecimento ao Flamengo e já avisou que pretendia oficializar a reclamação à CBF.

Nesta quinta-feira, além de discutir a possibilidade de os clubes virarem empresas com outros presidentes, Galiotte foi recebido pela Comissão de Arbitragem da CBF, presidida por Leonardo Gaciba. O palmeirense, inclusive, quis ouvir a gravação da comunicação entre os membros da equipe de arbitragem no momento do lance no Beira-Rio.

A interpretação é de que o gol foi anulado corretamente, uma vez que a regra determina que os toques de mão em jogadas de ataque, voluntários ou não, são considerados infrações. No entanto, a partida deveria ter recomeçado com falta para o Palmeiras, já que Klaus derrubou Willian.

Com o empate contra o Internacional, o Palmeiras chegou aos 46 pontos e perdeu a chance de diminuir a vantagem em relação ao Flamengo, líder com 49. Às 16 horas (de Brasília) deste domingo, pela 23ª rodada, o time alviverde pega o Atlético-MG, no Allianz Parque.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade