2 eventos ao vivo

Grêmio vence Bahia fora de casa e dá fim a jejum de vitórias no Brasileiro

10 set 2020
21h34
atualizado às 21h34
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Grêmio voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, o Tricolor Gaúcho derrotou o Bahia pelo placar de 2 a 0, no Estádio Pituaçu, em Salvador (BA), pela nona rodada da competição nacional. Alisson abriu o marcador no primeiro tempo e Darlan ampliou na etapa final.

Com o resultado, o Imortal encerra uma sequência de seis jogos consecutivos sem vitória no Brasileirão e sobe para a 10ª posição, com 11 pontos conquistados. Enquanto isso, o Esquadrão de Aço, 14º colocado com nove pontos, completa justamente sua sexta partida seguida sem vencer.

O duelo foi o último dos nordestinos sob o comando do interino Cláudio Prates. Isso porque na próxima partida o técnico Mano Menezes, que assistiu à derrota de dentro do estádio, assume a equipe.

Pela próxima rodada, ambas as equipes entram em campo no domingo (13). Às 16h (de Brasília), o Grêmio recebe o Fortaleza na Arena, em Porto Alegre. Um pouco mais tarde, às 18h, o Bahia encara o Atlético-GO novamente no Estádio Pituaçu.

O jogo

Jogando em casa, o Bahia começou a partida ameaçando o Grêmio. Logo no primeiro minuto, Rodriguinho aproveitou erro do adversário e lançou Élber, que achou Gilberto na área após escorregão de Paulo Miranda. O centroavante encheu o pé e exigiu grande defesa de Vanderlei.

Com menos posse de bola, os gaúchos responderam aos 15 minutos, em cobrança de falta pelo lado direito. Em jogada ensaiada, Alisson ajeitou de cabeça para David Braz na área. O zagueiro gremista girou e bateu forte para boa intervenção do goleiro Mateus Claus.

Aos 21 minutos, o Bahia teve grande chance com Gilberto, que recebeu praticamente na pequena área, sozinho, sem goleiro, e cabeceou para fora. O Grêmio não perdoou e tirou o zero do placar dois minutos depois. Após cobrança de lateral, Diego Souza dividiu com Edson no alto, e a bola sobrou para Alisson. O camisa 23 mandou de primeira para o fundo das redes.

A equipe comandada pelo técnico Renato Gaúcho teve boas chances de ampliar a vantagem ainda na primeira etapa, com Diego Souza, Isaque e Orejuela. Contudo, o segundo tento veio aos oito minutos do segundo tempo, com Darlan. O volante recebeu grande passe de Everton dentro da área, após transição rápida do Grêmio, e emendou de primeira para marcar um belo gol.

Apesar da desvantagem no placar, o Bahia não desistiu e passou a pressionar os visitantes em busca do empate. Aos 13 minutos, os donos da casa quase descontaram em chute de Rodriguinho. O camisa 10 recebeu na entrada da área, girou e bateu forte na trave da meta defendida por Vanderlei.

Cinco minutos depois, as esperanças dos nordestinos aumentaram. Matheus Henrique fez a falta para matar o contra-ataque dos adversários e levou o segundo cartão amarelo, deixando o Tricolor Gaúcho com um jogador a menos.

Aos 32 minutos, porém, o volante Gregore deu entrada forte em Orejuela e também foi expulso de campo, brecando a reação do Bahia. Com isso, o Grêmio garantiu a vitória pelo placar de 2 a 0 e os três pontos.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 0 X 2 GRÊMIO

Local: Estádio Pituaçu, em Salvador (BA)

Data: 10 de setembro de 2020, quinta-feira

Horário: 19h15 (Brasília)

Árbitro: José Mendonça da Silva Junior (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Jefferson Cleiton Piva da Silva (PR)

VAR: Irinaldo Jorge dos Santos Silva (BA)

Cartões amarelos: Nino Paraíba (Bahia); Darlan, Matheus Henrique (Grêmio)

Cartões vermelhos: Gregore (Bahia); Matheus Henrique (Grêmio)

Gols: Alisson, aos 23 minutos do primeiro tempo; Darlan, aos 8 minutos do segundo tempo (Grêmio)

BAHIA: Mateus Claus; Nino Paraíba (Jadson), Ernando, Juninho e Matheus Bahia; Gregore, Edson (Rossi), Daniel (Clayson) e Rodriguinho (Marco Antônio); Élber e Gilberto (Elton).

Técnico: Cláudio Prates

GRÊMIO: Vanderlei; Orejuela, Paulo Miranda, David Braz e Cortez; Darlan (Rodrigues), Matheus Henrique e Alisson (Guilherme Azevedo); Isaque (Rildo), Everton (Lucas Silva) e Diego Souza (Luiz Fernando).

Técnico: Renato Gaúcho

Veja também:

Mostramos o cenário na briga pelo prêmio de melhor do mundo
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade