PUBLICIDADE

Grêmio empata com o Fortaleza e segue sem vencer

Jogo ficou marcado pelo brilho dos goleiros, já que tanto Gabriel Chapecó quanto Felipe Alves defenderam uma cobrança de pênalti

27 jun 2021 22h14
| atualizado às 22h24
ver comentários
Publicidade
Jogadores do Grêmio discutem com o árbitro durante partida contra o Fortaleza
Jogadores do Grêmio discutem com o árbitro durante partida contra o Fortaleza
Foto: Victor Lannes/MyPhoto Press / Gazeta Press

O Grêmio segue sem vencer no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, pela sétima rodada do torneio, o Tricolor ficou apenas no empate sem gols com o Fortaleza, em casa. O jogo ficou marcado pelo brilho dos goleiros, já que tanto Gabriel Chapecó quanto Felipe Alves defenderam uma cobrança de pênalti.

Com o resultado, o time gaúcho, que tem dois jogos a menos, se manteve na lanterna, com dois pontos. Já o Leão está na quarta colocação, com 12.

O Grêmio volta a campo agora na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), quando visita o Juventude, pela oitava rodada do Nacional. No mesmo dia, mas às 16 horas, o Fortaleza recebe a Chapecoense.

O jogo - A primeira etapa começou movimentada na Arena. Com o relógio marcando apenas oito minutos, Douglas Costa recebeu pela direita, puxou para o meio e finalizou com muito perigo. Aos 13, Diego Souza achou Ferreirinha livre. O atacante cortou e bateu firme, mas em cima da marcação.

A resposta dos visitantes saiu aos 33. Ederson saiu cara a cara com Gabriel Chapecó após lançamento de Ronald e tentou por cobertura. A bola subiu muito e morreu na rede sobre o gol. Aos 40, o volante voltou a assustar, dessa vez em venenoso arremate de longe que obrigou o goleiro a fazer difícil defesa.

Com os sustos, o Tricolor Gaúcho reagiu. Aos 43, Rafinha cruzou com precisão na cabeça de Ferreirinha, que carimbou a trave de Felipe Alves.

O segundo tempo também começou agitado em Porto Alegre. Com cinco minutos, Gabriel Chapecó errou ao tentar chutar para frente e a bola sobrou limpa para Robson. O atacante, no entanto, demorou para definir e acabou sendo travado pelo Rafinha.

Aos 18, o Fortaleza teve uma chance de ouro para tirar o zero do placar. Robson arrancou livre e foi derrubado por Kannemann na área. O árbitro, então, marcou pênalti e expulsou o zagueiro. Na cobrança, Yago Pikachu parou em Gabriel Chapecó. No rebote, a bola até voltou para o lateral, mas ele bateu mal e desperdiçou mais uma chance. Cinco minutos depois, o arqueiro voltou a brilhar, agora em forte arremate cruzado de David.

Mesmo com um a menos, o Grêmio partiu para o ataque. Aos 29, Diogo Barbosa cruzou na medida para Diego Souza, que testou no contrapé de Felipe Alves. O goleiro, entretanto, conseguiu se esticar todo para fazer grande defesa e evitar o tento.

Já aos 33, o árbitro sinalizou penalidade máxima para os donos da casa. Diego Souza assumiu a responsabilidade de bater, mas viu Felipe Alves espalmar a cobrança para escanteio.

Nos minutos finais, Pikachu voltou a desperdiçar uma boa oportunidade. Osvaldo tomou a bola da Paulo Miranda e rolou para o lateral, que, na cara do gol, isolou.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 0 X 0 FORTALEZA

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data: 27 de junho de 2021, domingo

Horário: 20 horas (de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique

Assistentes: Eduardo Gonçalves Cruz e Márcia Bezerra Lopes Caetano

VAR: Péricles Bassols Pegado Cortez

Cartões amarelos: Douglas Costa (Grêmio); Ederson, Ronald e Osvaldo (Fortaleza)

Cartão vermelho: Kannemann (Grêmio)

GRÊMIO: Gabriel Chapecó; Rafinha, Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Lucas Santos), Matheus Henrique (Paulo Miranda) e Victor Bobsin; Douglas Costa (Léo Pereira), Diego Souza (Ricardinho) e Ferreira.

Técnico: Tiago Nunes

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Marcelo Benevenuto e Titi; Yago Picachu, Ederson, Ronald (Felipe) e Lucas Crispim; Romarinho (Osvaldo), Robson (Igor Torres) e David.

Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade