PUBLICIDADE

Goleiro do Botafogo, Diego Loureiro ressalta qualidade do Goiás na bola aérea

13 fev 2021 20h05
| atualizado às 20h05
ver comentários
Publicidade

O Botafogo enfrentou o Goiás neste sábado, na abertura da 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas saiu de campo com a vigésima derrota na competição. Para construir a vitória por 2 a 0, o Goiás fez valer sua principal arma, a bola aérea.

Com gols de Rafael Moura e Fernandão, um em cada tempo da partida, o Verdão se aproximou de Vasco e Bahia na tabela, e segue sonhando com a permanência na Série A. Enquanto isso, o Botafogo passou a ser a equipe com a defesa mais vazada da competição, "honra" que pertencia ao Goiás.

"Mais uma derrota, o time deles foi muito bem aplicado, trabalharam bem a bola. Souberam usar a arma que eles têm, que é a bola aérea com o Rafael e o Fernandão. E a gente tem que saber se acertar nesses momentos, saber reverter os momentos, e temos que pensar no nosso futuro. Temos que pensar pra frente e espero que dê tudo certo", afirmou o goleiro Diego Loureiro, em entrevista após a partida ao canal Premiere.

Embora tenha sofrido dois gols, o guarda metas alvinegro fez uma boa partida e salvou sua equipe em diversos momentos.

Já rebaixado para a Série B em 2021, o Botafogo seguirá cumprindo tabela no nacional nas duas últimas rodadas. A equipe, entretanto, só volta a campo na segunda-feira, dia 22, quando receberá o São Paulo, no Nilton Santos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade