0

Galo vence poderoso Flamengo em BH e segue na cola dos líderes

18 mai 2019
21h15
  • separator
  • 0
  • comentários

Se olhados elencos de Atlético e Flamengo no papel, o clube carioca sobra muito. No entanto, nas quatro linhas as variáveis entram em ação. E foi justamente isso que aconteceu na noite deste sábado, no Independência, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, quando o Galo venceu o Urubu, por 2 a 1.

O triunfo atleticano teve a cara alvinegra: muito sofrimento em campo e uma superação vista nas melhores histórias preto e brancas. O Galo iniciou o jogo vencendo, com tento marcado por Cazares, mas viu o Flamengo empatar dois minutos depois. Depois, o Atlético perdeu seu melhor zagueiro e teve seu volante expulso - com dura entrada de Elias - e jogou a etapa complementar inteira com um jogador a menos. Na volta do intervalo, Chará marcou um belo tento e a equipe mineira se segurou em campo para garantir os três pontos.

Com o resultado, o Galo fica na segunda colocação, com 12 pontos conquistados em 15 possíveis - uma campanha que não era esperada antes do início do Brasileirão. O Flamengo está com sete pontos, na sétima posição do Campeonato Brasileiro.

Na próxima rodada o Atlético vai até o sul do país enfrentar o Grêmio, no próximo sábado, às 19h (de Brasília). Já o Flamengo recebe o Athletico, no Maracanã, no domingo, às 16h.

Primeiro tempo

O Atlético entrou em campo com o time modificado em relação aos jogos anteriores. A principal novidade em campo era a presença de Cazares - que ganhou nova chance após mais um episódio de indisciplina. Com o equatoriano envergando a camisa 10 atleticana, a expectativa era de ter um Galo com uma posse de bola com maior qualidade e Ricardo Oliveira também poderia receber mais passes com capacidade para empurrar para o fundo das redes.

Em campo o que se viu foi um primeiro tempo bastante disputado. O Galo resolveu entender primeiro o jogo feito pelo Flamengo e aguardava o time Rubro-Negro. Já o clube Carioca tentou impor alguma superioridade, mas não adiantou. Logo após os 10 minutos, o confronto era muito igual, com o Galo, inclusive, mais próximo à área adversária.

Cazares marca golaço

Aos 27 o Galo chegou ao primeiro gol. E foi um belo tento anotado por Cazares. O atacante Ricardo Oliveira disputou a bola com o zagueiro Rodrigo Caio e a redonda sobra para o equatoriano. Ele dribla o primeiro marcador, limpa o lance e deixa Diego Alves vendido antes de rolar para o fundo das redes.

Flamengo leva dois minutos para empatar

O Rubro-Negro desceu com força para buscar o empate. E com dois minutos conseguiu: em troca de passes, a redonda cai nos pés de Bruno Henrique. O atacante ginga e chuta de canhota. A bola morre no fundo das redes.

VAR acionado

No finalzinho do primeiro tempo, o VAR entrou em campo para ajudar o Flamengo. Em chegada dura de Elias, o árbitro chamou o vídeo para ter certeza e anulou o cartão amarelo dado minutos antes. No lugar, o vermelho pela dura chegada. Curiosamente, em lance muito duro, no início do jogo, o juiz não conferiu a pesada falta de Bruno Henrique.

Segundo tempo

Além de perder Elias, expulso, o Atlético também não pôde contar com Rever na etapa complementar. O zagueiro teve um choque de cabeça com o atacante Gabriel Barbosa e precisou ser levado para um hospital da região.

O Galo não demorou para conseguir o gol na volta do intervalo. Logo no primeiro minuto, em uma bola sem ângulo, o colombiano Chará chutou forte e não deu chances ao goleiro Diego Alves.

Sem um atacante na frente, já que Ricardo Oliveira deixou o gramado para a entrada de Adilson e fazer assim uma recomposição defensiva, o Atlético passou a ser atacado e se defender muito.

O Flamengo passou a pressionar muito o Atlético. Os ataques aconteciam de todos os lados, virou uma defesa contra ataque, mas o Galo conseguiu o resultado.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 X 1 FLAMENGO-RJ

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data: 18 de maio de 2019 (Sábado)

Horário: 19h(de Brasília)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

Gols: Cazares, aos 27 minutos do primeiro tempo, Chará, no primeiro minuto do segundo tempo (Atlético); Bruno Henrique, aos 31 do primeiro tempo (Flamengo)

Cartão amarelo: Luan (Atlético)

Cartão vermelho: Elias (Atlético)

ATLÉTICO-MG: Victor; Guga, Réver (Léo Silva), Igor Rabello e Patric; José Welison, Elias e Luan; Cazares (Vinícius), Chará e Ricardo Oliveira (Adilson).

Técnico: Rodrigo Santana

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Rodrigo Caio, Léo Duarte (Vitinho) e Renê; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Everton Ribeiro e De Arrascaeta (Lincoln); Bruno Henrique e Gabigol (Berrío)

Técnico: Abel Braga

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade