0

Galiotte vê "erro gravíssimo" da arbitragem e planeja visita à CBF

30 set 2018
14h21
atualizado às 15h27
  • separator
  • comentários

A atuação do árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva na vitória sobre o Cruzeiro deixou os palmeirenses indignados, a ponto de Maurício Galiotte se manifestar nos vestiários do Pacaembu na tarde deste domingo. O presidente reclamou do juiz e avisou que planeja visitar a CBF para tratar do assunto na segunda-feira.

Com o Palmeiras em vantagem após o gol de Lucas Lima, Dewson viu toque de mão de Gustavo Gomez e marcou pênalti, mas o zagueiro paraguaio estava claramente fora da área. Na cobrança do lance assinalado equivocadamente, Mancuello empatou para o Cruzeiro.

"Investimos para ter um futebol melhor e nos deparamos com situações como essa. Foi um erro gravíssimo, com uma penalidade marcada dois metros fora da área e na frente do bandeira. Com 35 mil pessoas no estádio, só três não conseguiram ver o que aconteceu", reclamou Galiotte, lembrando as últimas edições do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil.

"O Palmeiras vem a público para repudiar essa situação. Neste ano, já tivemos dois campeonatos em que o clube foi prejudicado pela arbitragem em jogos decisivos. Estamos na fase final do Brasileiro, com sete, oito clubes brigando pelo título. Ninguém pode ser prejudicado, todos devem ter o mesmo tratamento", afirmou o dirigente.

Além de avisar que planeja visitar a sede da CBF no Rio de Janeiro, Galiotte lembrou que o Palmeiras pela adoção do VAR. O presidente ainda reiterou as críticas ao árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva, integrante do quadro da Fifa.

"Estamos brigando por dois títulos. Esperamos competência e não o que houve hoje: despreparo e incompetência", afirmou. "Amanhã, estarei na CBF para reivindicar que tenhamos pessoas competentes trabalhando no futebol. Votamos a favor do VAR. Quanto custa um título ou uma desclassificação como a da semana passada?", questionou, em alusão à Copa do Brasil.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade