2 eventos ao vivo

Fluminense e Fortaleza ficam no 0 a 0 no Maracanã

4 dez 2019
23h37
atualizado em 5/12/2019 às 18h14
  • separator
  • 0
  • comentários

Fluminense e Fortaleza empataram em 0 a 0 na noite desta quarta-feira, no Maracanã, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado colocou o Flu na frente do Botafogo na tabela de classificação e na busca por uma vaga na Sul-Americana. Agora com 43 pontos, uma a mais que o rival alvinegro, o Tricolor só depende de si na última rodada, quando visita o Corinthians, no domingo.

Para o Fortaleza, o empate terminou com as chances da equipe cearense alcançar a Libertadores. Garantido na Sul-Americana, a equipe de Rogério Ceni dorme na nona colocação com 50 pontos e recebe o Bahia no domingo, no Castelão.

O Jogo - Após se livrar do rebaixamento na última rodada, o Fluminense foi ao Maracanã com o objetivo de comemorar com sua torcida e se despedir, já que não fará mais jogos em casa nesta temporada.

O Tricolor carioca assumiu a iniciativa de propor o jogo e controlar a posse de bola, mas com muitos erros ofensivos e passes errados, pouco ameaçou a equipe cearense no primeiro tempo. O Fortaleza, ainda sonhando com uma vaga na pré-Libertadores, jogou atrás da linha da bola em busca de contra-ataques.

O Flu tentou impor um ritmo intenso nos primeiros minutos, e assustou aos oito. Marcos Paulo recebeu na intermediária e rolou para Yony González. O atacante ajeitou e soltou uma bomba no canto de Felipe Alves, que se esticou para defender.

Aos 9, o Fortaleza teve uma baixa. O atacante Osvaldo sentiu dores musculares e teve de ser substituído. André Luís foi acionado.

O Fortaleza partiu em alta velocidade em contra-ataque aos 12 e quase abriu o placar. Edinho acelerou pela direita e chutou cruzado e rasteiro. A bola passou por todo mundo e Romarinho quase alcança do outro lado, mas ela vai pela linha de fundo.

O Flu só teve mais duas chances nos primeiros 45 minutos. Marcos Paulo tentou uma bicicleta ao 23, após um rebote da defesa, e mandou perto do gol. Depois, aos 40, Dodi lançou Gilberto na direita e o lateral cruzou a meia altura para Yony, que entrava pelo meio, mas Felipe Alves se antecipou e segurou a bola.

As duas equipes retornaram sem alterações para o segundo tempo, e o panorama da partida seguiu o mesmo. O Flu chegou perto de abrir o placar aos 5, em cobrança de falta próximo à área. Nenê cobrou por cima da barreira mas a bola passou por cima do travessão.

O Fortaleza respondeu aos 10 em jogada pela direita. Edinho recebeu na frente da área e ajeitou para Wellington Paulista, que arriscou de longe. A bola subiu passou longe do gol do Flu.

Insatisfeitos, os treinadores iniciaram uma séries de substituições. Rogério Ceni foi o primeiro e sacou Wellington Paulista para a entrada de Kieza. Marcão, por sua vez, tirou dois de uma vez: Nenê e Yony deixaram o campo de jogo e foram substituídos por João Pedro e Wellington Nem.

Antes que as substituições pudessem fazer algum efeito, o zagueiro Paulão recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando o Fortaleza com 10 em campo.

O Flu aproveitou o momento para tentar uma pressão em cima da equipe cearense, e quase marca aos 26. Daniel cruza, Marcos Paulo tenta a bicicleta mas falha e Yuri aparece no segundo pau para tentar de cabeça, mas erra o alvo.

Aos 31, Dodi retribui a gentileza de Paulão e também é expulso após levar o segundo amarelo. Com dez pra cada lado, o Fortaleza voltou para o jogo.

Aos 33, o volante Felipe soltou uma bomba de fora da área e a bola passou perto do gol do jovem Marcos Felipe.

O Flu ainda teve duas grandes chances de marcar antes do apito final. Na primeira, Uma bola na trave aos 41 em chute do lateral Gilberto, de fora da área. Aos 46, Wellington Nem recebe de Caio Henrique, entra livre na área mas em vez de tocar por cobertura, enche o pé e manda em cima do goleiro Felipe Alves.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 0 X 0 FORTALEZA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 4 de dezembro de 2019, quarta-feira

Hora: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)

VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)

Cartões amarelos: Yony González, Dodi (Flu); Paulão (Fortaleza)

Cartões Vermelhos: Dodi (Flu), Paulão (Fortaleza)

Renda: R$ 445.735,00

Público: 39.965 (39.034)

FLUMINENSE: Marcos Felipe, Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Yuri Lima, Dodi, Daniel e Nenê (João Pedro); Marcos Paulo (Evanilson) e Yony González (Wellington Nem)

Técnico: Marcão

FORTALEZA: Felipe Alves, Tinga, Quintero, Paulão e Carlinhos; Felipe, Juninho e Edinho; Osvaldo (André Luís), Wellington Paulista (Kieza) e Romarinho (Bruno Melo)

Técnico: Rogério Ceni

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade