PUBLICIDADE

Flamengo dá show de bola e goleia o Bahia em Salvador

19 jul 2021 12h11
ver comentários
Publicidade

A vitória sobre o Defensa Y Justicia, pela Libertadores, na estreia de Renato Gaúcho, foi cercada de questionamentos. Já a goleada sobre o Bahia, no segundo jogo do técnico, foi inquestionável. O Flamengo deitou e rolou neste domingo, no Estádio do Pituaçu, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, e goleou por 5 a 0. Gabigol, que estreou neste Brasileirão, fez três gols.

Renato Gaúcho repetiu o esquema 4-2-3-1, com Arrascaeta centralizado no meio de campo, uma formação diferente da do antecessor Rogério Ceni. Se sofreu contra o Defensa, o Flamengo sobrou contra o Bahia. O clube carioca sufocou o time adversário, recuperava a bola rapidamente e pressionava. Foi uma atuação e tanto.

O retorno da dupla Willian Arão e Diego, desfalque na Libertadores, ditou o ritmo do meio de campo rubro-negro. Com Gabigol inspirado, o Flamengo animou a torcida. Por sinal, foi o primeiro jogo do artilheiro neste Brasileiro. Ele ficou fora com a Seleção Brasileira.

Com a vitória, o Flamengo pula para a sexta colocação do Campeonato Brasileiro, com 18 pontos e dois jogos a menos, adiados. O Bahia continua com 17 pontos e está no oitavo lugar.

O próximo compromisso do Flamengo pelo Brasileiro é contra o São Paulo, domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã. Antes, o clube carioca decide vaga para as quartas de final da Libertadores. Nesta quarta-feira, o Rubro-Negro recebe o Defensa Y Justicia, às 21h30 (de Brasília), no Mané Garrincha, em Brasília. Como venceu o jogo de ida das oitavas de final por 1 a 0, o Flamengo tem a vantagem do empate.

O Bahia, por sua vez, volta a campo no domingo, às 11h (de Brasília), para enfrentar o Atlético-MG, no Mineirão.

Flamengo domina o Bahia

O técnico Renato Gaúcho mandou a campo a força máxima que tinha disponível, com o retorno de Diego, recuperado de lesão. O Flamengo não pôde contar novamente com Rodrigo Caio e Bruno Henrique, que estão no departamento médico. Além deles, preservou Thiago Maia e viu Piris da Motta virar desfalque, por sentir dores no tendão de Aquiles do tornozelo direito.

Foi uma atuação de gala do Flamengo no primeiro tempo. O Bahia quase não viu a cor da bola. Michael, logo aos dois minutos, teve chance de abrir o placar, mas isolou. O clube carioca dominava as ações, recuperava a bola rapidamente e buscava pressionar os donos da casa. Era difícil resistir.

Aos 20 minutos, Arrascaeta foi derrubado na área. Pênalti. Gabigol deslocou o goleiro e fez 1 a 0. O Flamengo não diminuiu o ritmo. O atacante arriscou de fora da área e viu Matheus Teixeira defender. O goleiro do Bahia, por sinal, precisou fazer grande defesa. Isla cruzou para Diego, que chutou com força, de esquerda, mas Matheus salvou.

O 1 a 0 estava barato no placar. O Flamengo conseguiu ampliar, aos 40 minutos. Arrascaeta acionou Isla, que cruzou para Gabigol. Com um chute de trivela, ele colocou no canto e fez 2 a 0. O lateral-direito do clube carioca ainda teve a chance de fazer o terceiro nos acréscimos, mas não finalizou bem e o goleiro defendeu.

O Bahia assustou no começo da segunda etapa. Matheus Galdezani arriscou de fora da área. Diego Alves defendeu e a bola ainda bateu no travessão. A resposta do Flamengo foi imediata. Gabigol ficou a cara a cara com Matheus Teixeira, mas desta vez o goleiro do Bahia levou a melhor e salvou com o pé.

O duelo entre o artilheiro e o goleiro voltou a pender para o lado rubro-negro. Aos 16, Éverton Ribeiro deixou Gabigol na boa. Ele tocou no canto e fez 3 a 0. Que estreia do atacante no Brasileiro.

Com os 3 a 0 no placar, Renato Gaúcho, imediatamente, aproveitou para pensar na Libertadores e fez troca tripla no Flamengo. Ele tirou Filipe Luís, Diego e Gabigol. Entraram Renê, João Gomes e Pedro. Cabia mais. Vitinho, que entrou na vaga de Michael, cruzou na medida para Pedro marcar: 4 a 0.

O Bahia quase descontou. Léo Pereira errou na saída de bola e Edson foi bloqueado por Diego Alves. O Flamengo mostrou como faz. Arrascaeta achou Vitinho. Ele chutou no canto e fez 5 a 0.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 0X5 FLAMENGO

Local: Estádio do Pituaçu, Salvador (BA)

Data: 18/07/2021, domingo

Horário: 18h15 (de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)

Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Cartão amarelo: Matheus Bahia, Gilberto, Juninho Capixaba, Matheus Galdezani e Edson (Bahia) e Diego (Flamengo)

Gols:

Flamengo: Gabigol, aos 22′ e aos 40′ do 1ºT, e aos 16′ do 2ºT, Pedro, aos 28′ do 2ºT, e Vitinho, aos 38′ do 2ºT

BAHIA: Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Conti, Ligger e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Patrick de Lucca (Edson), Matheus Galdezani (Lucas Araújo), Thonny Anderson (Maycon Douglas) e Rodriguinho; Rodriguinho (Pablo) e Gilberto.

Técnico: Dado Cavalcanti.

FLAMENGO: Diego Alves; Isla (Rodinei), Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís (Renê); Willian Arão, Diego (João Gomes), Éverton Ribeiro e Arrascaeta; Michael (Vitinho) e Gabigol (Pedro).

Técnico: Renato Gaúcho.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade