PUBLICIDADE

Fábio Santos faz valer a 'lei do ex', e Corinthians vence o Atlético-MG

Lateral fez dois gols no segundo tempo, sendo um de pênalti, e o Timão superou o Galo no Mineirão por 2 a 1

24 jul 2022 - 20h28
(atualizado às 20h39)
Ver comentários
Timão virou o jogo no segundo tempo (Gilson Junio / W9 Press / Lancepress!)
Timão virou o jogo no segundo tempo (Gilson Junio / W9 Press / Lancepress!)
Foto: Lance!

Em partida válida pela 19ª rodada do Brasileiro, o Corinthians venceu o Atlético-MG de virada, por 2 a 1, no Mineirão. Keno, aos oito do primeiro tempo, abriu o placar para os mandantes, mas Fábio Santos, que já defendeu a equipe mineira, fez valer a 'lei do ex', indo as redes duas vezes no segundo tempo.

Com o triunfo, o Timão chega aos 35 pontos e termina o primeiro turno do Campeonato Brasileiro na vice-liderança, quatro pontos atrás do Palmeiras. Com a vitória do Fluminense sobre o Red Bull Bragantino, o Galo termina a rodada na quarta posição, com 32 pontos. 

Na próxima rodada do Brasileirão, os comandados de Vítor Pereira recebem o Botafogo na Neo Química Arena, no sábado (30), às 19h. No dia seguinte, às 16h, a equipe que volta a ser treinada por Cuca vai até o Beira-Rio enfrentar o Internacional.

GALO ABRE O PLACAR COM GOLAÇO DE KENO

O Corinthians começou a partida adiantando suas linhas de marcação e pressionando a defesa do Atlético-MG. Aos três minutos, Adson roubou a bola de Arana, invadiu a área e chutou colocado. A bola passou ao lado do gol de Everson.

Suportando a pressão do Timão, o Galo foi pra cima e abriu o placar no Mineirão aos oito minutos. Mariano recebeu na direita e mandou na área. Fábio Santos fez o corte parcial e bola sobrou no bico da área para Keno. O atacante dominou e bateu colocado, no ângulo de da meta de Carlos Miguel.

TIMÃO SEM RESPOSTAS NO PRIMEIRO TEMPO

A equipe da casa trabalhava pelos lados do campo e conseguia penetrar a defesa corintiana com facilidade. Keno teve duas chances de repetir o primeiro gol, mas no primeiro chute mandou por cima, e aos 20 minutos finalizou nas mãos de Carlos Miguel.

Próximo aos 30 minutos da primeira etapa, o Galo recuou suas linhas e passou a apostar nos contra-ataques. Em jogada pela esquerda, Arana cruzou para Zaracho, que fez o giro e finalizou cruzado para fora. Minutos depois, Hulk foi lançado com liberdade para invadir na área, mas se atrapalhou no domínio e errou o chute.

O Corinthians, que passou a dominar a controle da posse de bola nos 15 minutos do primeiro tempo não conseguiu oferecer perigo para Everson. A maior oportunidade veio em cruzamento rasteiro de Fagner para Maycon, mas o gramado tirou a bola dos pés do camisa 5 no momento do chute.

SEGUNDO TEMPO MORNO

Na tentativa de mudar a dinâmica ofensiva do Timão, Vítor Pereira promoveu as entradas de Cantillo e Róger Guedes após o intervalo, para os lugares de Giuliano e Willian, respectivamente. O Atlético-MG voltou sem alterações.

Apesar das mudanças, o Timão seguia tendo problemas defensivos e com dificuldades na criação. Mesmo conseguindo penetrar a área adversária, o Galo desacelerou o ritmo no ataque.

Na metade do segundo tempo, o interino Lucas Gonçalves colocou Otávio e Pedrinho em campo. Vítor Pereira respondeu promovendo as entradas de Roni e Mosquito. Com um minuto em campo, o camisa 29 corintiano cometeu falta na entrada da área em Hulk. Nacho cobrou no canto de Carlos Miguel, que espalmou para o lado.

OLHA A LEI DO EX...EM DOBRO

Nos 15 minutos finais da partida, o Atlético-MG voltou a jogar de forma mais recuada, e o Corinthians trocava passes no campo ofensivo. Aos 34 minutos, o Timão conseguiu empatar a partida. Fagner recebeu na direita e cruzou na segunda trave para Fábio Santos, que deu de peixinho, estufando as redes de Everson. O camisa 26 já defendeu a equipe mineira.

Quatro minutos depois, Giovane avançou pela esquerda e foi derrubado por Júnior Alonso dentro da área. Após consultar o monitor do VAR, o árbitro Ramon Abatti Abel mudou sua decisão e deu penalidade máxima. Fábio Santos cobrou no lado direito de Everson, virando o jogo para o Corinthians.

O Atlético-MG tentou uma blitz nos acréscimos, mas o Timão segurou a pressão e saiu do Mineirão com três pontos.

ATLÉTICO-MG 1 X 2 CORINTHIANS

CAMPEONATO BRASILEIRO - 19ª RODADA

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Data e hora: 24 de julho de 2022, às 18h

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA) [SC] e Thiaggo Americano Labes (SC)

Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)

Público e renda: 55.706 / R$ 2.202.874,99

Cartões amarelos: Nacho, Júnior Alonso (CAM); Yuri Alberto (COR)

Cartões vermelhos: -

Gols: Keno (8'/1ºT) (1-0); Fábio Santos (34'/2ºT) (1-1) e Fábio Santos (40'/2ºT) (1-2)

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Alan Kardec, 42'/2ºT) e Jair (Otávio, 20'/2ºT); Zaracho (Vargas, 42'/2ºT), Nacho (Pavón, 29'/2ºT) e Keno (Pedrinho, 20'/2ºT); Hulk. Técnico: Lucas Gonçalves

CORINTHIANS: Carlos Miguel; Fagner, Balbuena, Bruno Méndez e Fábio Santos; Du Queiroz, Maycon (Roni, 19'/2ºT) e Giuliano (Cantillo, 1'/2ºT); Willian (Róger Guedes, 1'/2ºT), Yuri Alberto (Gustavo Mosquito, 19'/2ºT) e Adson (Giovane, 31'/2ºT). Técnico: Vítor Pereira

Lance!
Publicidade
Publicidade