PUBLICIDADE

Em noite de Luciano, São Paulo vence Juventude e confirma permanência na Série A

6 dez 2021 21h18
| atualizado às 22h06
ver comentários
Publicidade

O São Paulo, enfim, garantiu sua permanência na Série A do Campeonato Brasileiro. Recebendo o Juventude na noite desta segunda-feira em duelo direto na luta contra o rebaixamento, o Tricolor não decepcionou os mais de 40 mil torcedores que compareceram no Morumbi e saiu de campo com a importantíssima vitória por 3 a 1, graças aos gols de Luciano (2), inspirado, e Calleri. Sorriso descontou para os visitantes.

Com o resultado, o São Paulo foi a 48 pontos, figurando na 12ª colocação, e já não tem mais chances matemáticas de ser ultrapassado por Bahia e Juventude, 16º e 17º colocados, respectivamente. O time também garantiu uma vaga na Copa Sul-Americana de 2022.

Agora, na última rodada, o Tricolor tentará a façanha de se classificar para a Pré-Libertadores. Para isso, o time comandado por Rogério Ceni terá de vencer o América-MG, no Independência, e torcer para que o Inter não vença o Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista, o Santos não supere o Cuiabá, na Vila, e para que o Ceará seja derrotado pelo Palmeiras, no Allianz Parque, e o Atlético-GO pelo Flamengo, em Goiânia.

O Juventude, por sua vez, entrou na zona de rebaixamento com a derrota, já que o Cuiabá venceu o Fortaleza. O time de Caxias do Sul enfrenta na última rodada o Corinthians, no Alfredo Jaconi.

O jogo - O São Paulo não correu riscos no primeiro tempo e logo aos quatro minutos abriu o placar com Luciano. O atacante recebeu cruzamento de Rigoni e cabeceou sem chances para o goleiro Douglas.

Com a vantagem, o Tricolor adotou uma postura mais cautelosa a partir de então. Com muito a perder no jogo, os donos da casa continuaram frequentando o campo de ataque, mas não se expunham muito. Aos 27 minutos, Rigoni, de falta, teve boa chance para ampliar, mas Douglas fez ótima defesa no contrapé.

Mas, antes do intervalo, o São Paulo teve tempo para ampliar e ficar em situação bastante confortável na partida. Reinaldo cobrou escanteio no segundo pau, Luciano cabeceou, Douglas fez outra grande defesa, mas, no rebote, Calleri, também de cabeça, estufou as redes, deixando a torcida tricolor mais aliviada.

Segundo tempo

O São Paulo voltou para o segundo tempo determinado a não deixar a vitória escapar e logo no primeiro minuto quase ampliou com Igor Vinícius, que foi conduzindo da direita para o meio, chegou na entrada da área e soltou a bomba, mas mandou para fora.

Mas, foi o Juventude quem acabou indo às redes. Aos 17 minutos, Chico fez o cruzamento pela esquerda, a bola inda resvalou na defesa do São Paulo antes de chegar para Sorriso, que apenas completou para o fundo das redes, dentro da pequena área, para diminuir a vantagem tricolor.

Só que os donos da casa não deram muito tempo para o Juventude comemorar. Quatro minutos depois, Luciano marcou seu segundo gol, o terceiro do São Paulo, aproveitando falha de Rafael Forster após lançamento de Miranda para completar de primeira, tirando do goleiro Douglas.

Nos minutos finais, Marquinhos, que substituiu Luciano, o nome do jogo, ainda teve uma boa chance de transformar a elástica vitória em goleada. O atacante recebeu na entrada da área, ajeitou e bateu colocado, buscando o ângulo, mas o goleiro Douglas espalmou com a ponta dos dedos para evitar uma derrota ainda pior no Morumbi.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 3 X 1 JUVENTUDE

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo

Data: 6 de dezembro de 2021, segunda-feira

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA-SC)

Assistentes: Éder Alexandre (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)

Público: 40.442 torcedores.

Renda: R$ 1.015.299,00

Gols: Luciano, aos 4 e aos 21, Calleri, aos 42 do 1ºT (São Paulo); Sorriso, aos 17 do 2ºT (Juventude)

Cartões amarelos: Luciano, Arboleda, Liziero, Igor Gomes, Léo (São Paulo); Rafael Forster, William Matheus (Juventude)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Miranda e Reinaldo (Léo); Liziero (Gabriel Neves), Nestor e Igor Gomes; Luciano (Marquinhos), Rigoni (Juan) e Calleri (Benítez).

Técnico: Rogério Ceni.

JUVENTUDE: Douglas; Michel Macedo, Vitor Mendes, Rafael Forster (Rafael Bilu) e William Matheus; Jadson (Capixaba), Dawhan (Roberson), Guilherme Castilho (Bruninho) e Chico; Sorriso e Ricardo Bueno (Wescley).

Técnico: Jair Ventura.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade