PUBLICIDADE

Em Campinas, Vasco e Guarani fazem confronto decisivo por vaga no G4 da Série B

3 nov 2021 20h14
| atualizado às 20h14
ver comentários
Publicidade

Se o discurso no Vasco era de que todos os jogos serão finais daqui pra frente, nesta quinta-feira a coisa é pra valer. Diante do Guarani, em Campinas, o Cruzmaltino encara um concorrente direto pelo acesso e uma derrota irá complicar muito a situação na Série B. A partida no Brinco de Ouro está marcada para às 19 horas, no horário de Brasília.

Em sétimo e oitavo lugares na tabela de classificação, Guarani e Vasco, respectivamente, jogam pela manutenção das esperanças. Isso porque a situação não é fácil para nenhum dos dois. Com 49 pontos, o Bugre está a cinco do G4. Com 47, o Vaco está ainda mais longe.

Assim, restando seis rodadas para o fim da competição, mesmo um empate será um péssimo resultado para ambos. Os matemáticos apontam o número mágico de 64 pontos como sendo o necessário para garantir a vaga na primeira divisão.

Se perder ou empatar, o Vasco não conseguirá mais alcançar a pontuação e terá de torcer por tropeços dos rivais. O Guarani, entretanto, ainda poderá chegar lá sem depender de ninguém, mas terá de vencer os cinco jogos restantes.

Os dois treinadores devem ter força máxima à disposição. No Vasco, Fernando Diniz tem feito mistério sobre a escalação, mas a tendência é que o time seja o mesmo que venceu o Coritiba, há duas rodadas. O meia Nenê, que cumpriu suspensão na derrota para o CSA, retorna ao time titular.

Já Daniel Paulista, que não poderá estar à beira do gramado por estar suspenso, terá o zagueiro Thales e e o atacante Bruno Sávio à disposição. A dupla esteve ausente na última rodada por causa do terceiro amarelo.

FICHA TÉCNICA
GUARANI-SP X VASCO-RJ

Local: Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP)
Data: Quinta-feira, 04/11/2021
Horário: 19h00 (Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)
VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

GUARANI: Rafael Martins, Diogo Mateus, Ronaldo Alves, Thales e Bidu; Bruno Silva, Rodrigo Andrade e Régis; Júnior Todinho, Bruno Sávio e Júlio César
Técnico: Daniel Paulista

VASCO: Lucão, Léo Matos, Ricardo Graça, Leandro Castán e Riquelme; Bruno Gomes, Marquinhos Gabriel e Nenê; Morato, Germán Cano e Gabriel Pec
Técnico: Fernando Diniz

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade