PUBLICIDADE

Em brigas diferentes na tabela, Atlético-GO e Ceará ficam no empate pelo Brasileirão

20 nov 2021 23h15
| atualizado às 23h15
ver comentários
Publicidade

Na noite deste sábado, o Atlético-GO recebeu no Antônio Accioly o Ceará, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O placar, terminado em 1 a 1, não agrada nem Dragão, que briga para não cair, nem Vozão, que tenta vaga na Libertadores.

O empate deixa o Atlético-GO na 15ª colocação, com 40 pontos, a quatro de diferença da zona do rebaixamento. Mesma distância que agora separa o Ceará do G6, aberto pelo Corinthians. No momento, o Vozão soma 46 pontos.

Pela próxima rodada do Brasileirão, o Atlético-GO enfrenta o Juventude, rival direto na luta contra o rebaixamento, em casa, nesta terça-feira, às 19h (de Brasília). Enquanto isso, o Ceará, na quinta-feira, recebe no Castelão o Corinthians, em outro confronto direto na tabela, desta vez por Libertadores. A bola rola às 20h.

O jogo - A primeira etapa, terminada em 0 a 0, começou já com boa chance para a equipe da casa, em chute de Dudu por cima do gol. O Ceará respondeu logo em seguida, com defesa de Fernando Miguel em chute de Rick, no cara a cara.

Na segunda etapa, logo no início, o marcador foi aberto em ótima cobrança de falta de Vina, em batida no mesmo lado de Fernando Miguel, que foi estranho para  a bola e passou longe de sequer esboçar a defesa.

Porém, não muito depois, o Atlético-GO conseguiu o empate com João Paulo. O camisa 10 aproveitou sobra para dominar na grande área pelo lado esquerdo e bater cruzado, com pouco ânulo e, ainda assim, vencendo o goleiro Richard.

Após o gol, o Dragão passou a ocupar mais seu campo de ataque, enquanto o Ceará se fechava à procura de contra-ataques. Este foi o padrão do jogo até seu final, com mais nenhuma das equipes conseguindo balançar as redes.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 1 X 1 CEARÁ

Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)

Data: 20 de novembro de 2021, sábado

Horário: 21h00 (de Brasília)

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (Fifa-SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Alex dos Santos (SC)

VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (Fifa-SC)

Cartões amarelos: Messias e Jorginho (Ceará)

Gols:

Atlético-GO: João Paulo (9′ 2T)

Ceará: Vina (6′ do 2T)

ATLÉTICO-GO: Fernando Miguel; Dudu (Arnaldo), Éder, Pedro Henrique e Jefferson (Artur Henrique); Marlon Freitas, Willian Maranhão e João Paulo; André Luis (Lucão), Montenegro (Zé Roberto) e Janderson (Ronald)

Técnico: Marcelo Cabo

CEARÁ: Richard; Gabriel Dias (Igor), Messias, Gabriel Lacerda e Bruno Pacheco (Kelvyn); William Oliveira, Fernando Sobral, Vina e Lima (Jorginho); Rick (Airton) e Jael (Yony González)

Técnico: Tiago Nunes

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade