PUBLICIDADE

Elencos de Fla e Palmeiras brigam em vestiário após expulsão

11 abr 2021
14h59 atualizado às 15h20
0comentários
14h59 atualizado às 15h20
Publicidade

O jogo entre Flamengo e Palmeiras, que terminou com título rubro-negro na Supercopa do Brasil, foi marcado por grandes lances e também por ter sido um duelo muito pegado. Tanto que árbitro Leandro Pedro Vuaden distribuiu 10 cartões amarelos e dois vermelhos ao longo da partida.

Foto: Leco Viana/The News2 / Estadão Conteúdo

Quem tomou os dois vermelhos não estava em campo. O primeiro foi para Abel Ferreira e o segundo para o auxiliar João Martins, também do Palmeiras. Com este segundo, começou uma confusão no vestiário entre membros das duas equipes, segundo reportagem da TV Globo.

Sem imagens do ocorrido, o que foi narrado é que a confusão teria começado logo após a expulsão ao auxiliar palmeirense. Ele teria deixado o gramado irritado e, ao encontrar com dirigentes do Flamengo, teria dito: "Aproveita e leva a taça". O comentário teria irritado a delegação carioca, que foi para cima. Assim, seguranças e jogadores do banco de reservas foram para a entrada do vestiário.

A discussão se encerrou após intervenção da CBF, organizadora do evento. A partida terminou com os dois treinadores tendo tomado cartões, entretanto, Rogério Ceni ficou com o amarelo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade