PUBLICIDADE

Brasileiro Série A

Dupla valoriza parceria do vestiário para Inter faturar Brasileiro após 45 anos

Capitães da equipe, Alan Patrick e Gabriel Mercado acreditam em vitórias em partidas atrasadas e cravam disputa pelo título nacional

12 jun 2024 - 22h27
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Ricardo Duarte / Internacional - Legenda: Allan Patrick, capitão do Inter / Jogada10

Apesar da posição intermediária no Campeonato Brasileiro, o Inter chegará às rodadas finais com força na briga pelo título. O discurso de Alan Patrick e Gabriel Mercado, capitães da equipe, tem como embasamento o fato de que a equipe gaúcha tem aproveitamento de líder e, com boa pontuação nas partidas atrasadas, acirrará a briga pelas primeiras colocações.

Atualmente em oitavo lugar, com dez pontos, quatro atrás do vice-líder Flamengo, que pega o Grêmio na rodada, e seis atrás do líder Botafogo, que já venceu na rodada, o time de Eduardo Coudet trabalha firme para somar o maior número de pontos nos jogos pendentes.

Caso vença o São Paulo nesta quinta-feira (12), o Colorado pode alcançar o G6 e completar quatro partidas sem derrotas - dos três jogos sem perder, dois são pela Sul-Americana.

Capitães confiam em boa sequência do Inter

Alan Patrick acredita na qualidade do time para seguir com bons resultados no Brasileirão.

"Muito confiante. Neste início, já mostramos. Mesmo com a pausa e duas rodadas atrasadas, a colocação mostra quanto brigaremos pelo pelotão da frente e, consequentemente, o título. Só depende de nós poder estar na liderança", afirmou o camisa 10, que divide a liderança do vestiário com Gabriel Mercado.

O zagueiro, aliás, costuma assumir a braçadeira de capitão quando o meia não joga. Experiente, o argentino de características de comando, alerta para o intenso desgaste devido à sequência de partidas. Entretanto, confia no bom relacionamento de elenco e comissão técnica para conduzir o Inter ao título do Campeonato Brasileiro após 45 anos.

"O grupo e a comissão continuam acreditando. Sabemos que agora passará o tempo mais difícil viajando mais e jogando com menos dias de recuperação, mas essas adversidades temos de superar. O grupo está forte para dar alegria ao nosso torcedor que está atravessando uma situação bem difícil", disse Mercado.

"Quero que minhas filhas me vejam campeão aqui no Inter. Também sei da necessidade que o clube passa, com muito tempo sem poder ganhar. Internamente, sabemos e somos conscientes. Estamos, portanto, com três competições e dá tempo de poder brigar. Até o último dia, não vou desistir de realizar esse sonho", complementou o defensor.

O Internacional terá uma média de uma partida a cada três dias, visto que entrará em campo seis vezes nos próximos 18 dias pela competição nacional. A começar pelo duelo frente ao São Paulo, às 20h desta quinta-feira (13), no Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma, pela oitava rodada.

Os demais desafios são: Vitória (em Salvador), Corinthians (em Florianópolis), Grêmio (provavelmente em Curitiba), Atlético-MG (a definir) e Criciúma (na mesma cidade catarinense).

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade