0

Diego Souza lamenta "falta de sorte" em lance no fim e vê empate injusto

30 set 2018
18h33
atualizado às 18h33
  • separator
  • comentários

Aos 48 minutos do segundo tempo, Diego Souza teve a bola do jogo em seus pés. Mas o centroavante do São Paulo viu o goleiro Saulo, do Botafogo, fazer grande defesa e garantir o empate por 2 a 2 em duelo disputado na tarde deste domingo, no Engenhão, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No lance em questão, o camisa 9 aproveitou rebote do arqueiro após chute de Joao Rojas e, praticamente dentro da pequena área, bateu forte sem marcação. Saulo, contudo, reagiu rápido e conseguiu defender com a perna.

"A bola estava no alto, vim para empurrar para dentro do gol. Ele teve a felicidade de esticar a perna, e a bola ainda sair daquele quadrado. Muita falta de sorte, competência dele, era o lance que decidiria o jogo", lamentou Diego Souza ao Premiere.

O São Paulo passou boa parte do jogo correndo atrás do prejuízo. Logo aos quatro minutos, Jean abriu o placar para o time da casa. Pouco depois, o próprio Diego Souza empatou. Mas ainda antes do intervalo o Botafogo retomou a dianteira no placar com Kieza.

Na etapa final, Gonzalo Carneiro entrou no lugar de Edimar e empatou para o Tricolor, que pressionou em busca da virada até o final do confronto. Na avaliação de Diego Souza, artilheiro do time no Brasileirão com dez gols, o empate foi injusto para o São Paulo.

"A gente merecia [vencer] por, depois de ter empatado o jogo, ter sufocado o Botafogo, não ter deixado espaço para eles criarem. A gente merecia ter saído vitorioso", analisou.

Com o resultado, o Tricolor chegou aos 52 pontos e caiu para a terceira posição, sendo ultrapassado por Palmeiras (53) e Internacional (53), que derrotaram Cruzeiro e Vitória em seus respectivos compromissos - o time alviverde lidera em função do saldo de gols.

Apesar da queda, Diego Souza vê o São Paulo com boas chances de recuperar a primeira colocação, já que as próximas duas rodadas projetam duelos com Palmeiras e Internacional, marcados para os dias 6 e 14 de outubro, no Morumbi e no Beira-Rio, respectivamente.

"Claro que a preocupação sempre existe. Temos sempre que pensar no lado positivo. Temos o confronto direto dentro de casa, com o apoio do nosso torcedor. O espírito hoje foi muito bom, e depois temos um próximo confronto direto. Então nossa equipe está bem viva no campeonato", concluiu

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade