0

Cruzeiro sai atrás, mas empata com o Bahia com um a menos

3 nov 2019
20h59
atualizado às 21h02
  • separator
  • 0
  • comentários

O Cruzeiro demonstrou poder de reação para arrancar um empate neste domingo. Jogando no Mineirão, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe de Abel Braga saiu atrás do Bahia após Fernandão converter pênalti que culminou na expulsão de Orejuela já no segundo tempo, mas buscou a igualdade com Sassá, que acertou lindo chute de fora da área para decretar o 1 a 1.

O Cruzeiro marcou com Sassá (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)
O Cruzeiro marcou com Sassá (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Foto: Gazeta Esportiva

Com o resultado, o Cruzeiro desperdiça a chance de abrir boa vantagem para a zona de rebaixamento, mas chega ao oitavo jogo sem derrota, segue em 16º lugar e vai aos 33 pontos, dois a mais que o Fluminense, primeiro time no Z4. O Bahia, por sua vez, amarga o quarto jogo sem vitória, soma 42 pontos e se mantém em 9º.

A Raposa volta aos gramados pela competição na próxima quarta-feira, quando visita o Athletico Paranaense, ás 21h30 (de Brasília), na Arena da Baixada. No mesmo dia e horário, o Tricolor Baiano recebe a Chapecoense na Arena Fonte Nova.

Após demonstrar certa ansiedade no começo da partida, o Cruzeiro estabilizou os ânimos e construiu duas boas chances para abrir o placar. Na primeira, Éderson recebeu na ponta esquerda, trouxe para dentro e bateu rasteiro para exigir ótima defesa de Douglas. Em seguida, após cobrança de escanteio, Fred exagerou na força e mandou por cima da meta de dentro da pequena área.

Dominando a posse de bola diante de um Bahia perigoso nos contra-ataques, o Cruzeiro, enfim, balançou as redes. Dodô foi acionado pela esquerda e encontrou Fred na área, onde o atacante tocou com categoria para marcar. O bandeira, porém, assinalou o impedimento, foi endossado pelo VAR e o árbitro invalidou o gol.

Mais ambiciosos na volta do intervalo, os visitantes foram recompensados. Fernandão arrematou e a bola explodiu no braço de Orejuela, que estava dentro da área. A princípio, o árbitro deixou o jogo seguir, mas foi avisado pelo VAR e resolveu conferir as imagens antes de marcar o pênalti e expulsar o lateral cruzeirense ao mostrar o segundo amarelo. Na marca da cal, o centroavante bateu com força para marcar.

Mesmo com um a menos, os mineiros buscaram o empate. Pedido pela torcida, Sassá saiu do banco, tabelou com Thiago Neves e resolveu arriscar. O camisa 99 chutou de média distância, acertou o ângulo de Douglas e decretou o 1 a 1 no Mineirão.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1×1 BAHIA

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Data: 3 de novembro de 2019, domingo

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Wagner Reway (PB)

Assistentes: Bruno Raphael Pires (GO) e Oberto da Silva Santos (PB).

VAR: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)

Cartões amarelos: Orejuela (2), Henrique e Fred (CRU).

Cartão vermelho: Orejuela (CRU)

GOLS:

CRUZEIRO: Sassá, aos 28 minutos do 2ºT.

BAHIA: Fernandão, aos 20 minutos do 2°T.

CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Cacá, Léo e Dodô; Henrique, Éderson, Thiago Neves, Marquinhos Gabriel (Ezequiel) e David (Sassá); Fred (Edílson)

Técnico: Abel Braga

BAHIA: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Flávio, João Pedro e Marco Antônio (Lucca); Élber (Rogério), Artur e Fernandão (Arthur Caíke)

Técnico: Roger Machado

Veja também:

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade