PUBLICIDADE

Brasileiro Série A

Com um a menos, Corinthians cede o empate nos acréscimos contra o Atlético-GO

Mesmo com um a menos, o goleiro Carlos Miguel fazendo milagres e abrindo 2 a 0, Timão vê Atlético-GO arrancar o 2 a 2

11 jun 2024 - 21h09
(atualizado às 21h11)
Compartilhar
Exibir comentários
oto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians - Legenda: António Oliveira segue sem fazer o Corinthians sair de campo com a vitória - 
oto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians - Legenda: António Oliveira segue sem fazer o Corinthians sair de campo com a vitória -
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians / Jogada10

As coisas não andam bem para o Corinthians. Nesta terça-feira, 11, o time conseguia um grande resultado, pois mesmo com dez desde os 33 do 1º tempo (Gustavo Henrique expulso) abriu 2 a 0, gols de Yuri Alberto, e segurava o resultado. Mas Cacá fez um gol contra e, nos acréscimos, Shaylon, de pênalti, fez o gol de empate.

Com este 2 a 2, o Corinthians sai da zona de rebaixamento, com seis pontos, Mas o primeiro dentro (Criciúma) tem apenas um ponto a menos. E menos três jogos. O Atlético-GO, com cinco pontos, segue no Z4.

Boa, Yuri Alberto!

O jogo começou com o Atlético já criando grande chance, com Emiliano Rodríguez concluindo para defesa espetacular de Carlos Miguel. O goleiro coritiano já tinha feito outra grande defesa quando, aos 14, o Timão saiu na frente numa jogada toda de Yuri Alberto. O atacante caiu pela direita e recebeu um lançamento do zagueiro Cacá. Dominou, cortou a marcação de Alix e bateu sem chance para Ronaldo.

O Corinthians passou a dominar. Wesley pela esquerda era ótima opção ofensiva. Mas quase saiu o  segundo gol quando Coronado cruzou uma bola que Gustavo Hernique cabeceou para grande defesa de Ronaldo.

Contudo, Gustavo Henrique, que tinha amarelo, fez falta boba em Baralhas, segurando o rival. Foi expulso. Assim, o Corinthians teve de começar a administrar o jogo com um a menos. E quase levou o empate aos 42, quando Luiz Fernando chutou rente à trave.

Corinthians leva o empate no fim

O Timão, mesmo bem fechado, conseguia algumas incursões ofensivas e ampliou num belo gol  aos 16 minutos. Wesley recebeu pela esquerda, ciscou e deu ótimo lançamento para Garro, na ponta direita, no fundo. O cruzamento foi certeiro para Yuri Alberto bater de primeira e correr para comemorar.

Com 2 a 0, o Timão se fechou de vez. Já estava com um esquema defensivo e passou a levar pressão. O Atlético chegou ao gol aos 20,  quando Luiz Fernando, pela esquerda, cruzou.  Cacá, um dos melhores em campo, tentou cortar e fez contra. A partir daí, pressão goiana. Guilherme Romão tinha tudo para marcar, mas chutou fora. Vagner Love recebeu cruzamento da direita, mas com Carlos Miguel batido, isolou da pequena área. Aliás, Carlos Miguel fez pelo menos outras quatro defesas, sendo o melhor em campo. Porém, aos 44, Hugo tentou evitar um escanteio, deu nos pés de Max e o derrubou na área. Pênalti.  Shaylon cobrou três minutos depois  e deixou tudo igual. Empate justo. Mas amargo para o Timão, que tinha os três pontos nas mãos.

ATLÉTICO-GO 2X2 CORINTHIANS

8ª rodada do Brasileirão 2024

Data: 11/6/2024

Local: Estádio Antônio Accioly, Goiânia (GO)

Público: 12.089

ATLÉTICO-GO: Ronaldo; Maguinho (Bruno Tubarão, 24'/2ºT), Alix Vinícius (Alejo Cruz, 10'/2ºT), Adriano Martins e Guilherme Romão; Lucas Kal, Rhaldney (Danielsinho, 24'/2ºT) e Gabriel Baralhas (Max, Intervalo);  Shaylon; Emiliano Rodríguez (Vagner Love, 24'/2ºT) e Luiz Fernando. Técnico: Jair Ventura.

CORINTHIANS: Carlos Miguel; Matheuzinho, Gustavo Henrique, Cacá e Hugo; Raniele, Breno Bidon (Moscardo, 9'/2ºT) e Rodrigo Garro; Wesley (Giovane, 24'/2ºT), Igor Coronado (Caetano, 9'/2ºT) e Yuri Alberto (Fausto Vera, 31'/2ºT). Técnico: António Oliveira.

Gols: Yuri Alberto, 14'/1ºT (0-1); Yuri Alberto, 16'/2ºT (0-2); Cacá, contra, 20'/2ºT (1-2); Shaylon, pên, 47'/2ºT (2-2)

Árbitro: Paulo César Zanovelli da Silva (FIFA-MG)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (FIFA-RS) e Celso Luiz da Silva (MG)

VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Cartões amarelos: Baralhas, Guilherme Romão (AGO); Gustavo Henrique, Garro, Carlos Miguel, António Oliveira (COR)

Cartões vermelhos: Gustavo Henrique (COR aos 33'/1ºT)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade