PUBLICIDADE

Com rivais no topo do Brasileiro, Guto Ferreira compara gestões de Palmeiras e Corinthians

25 jul 2022 - 10h15
Ver comentários
Publicidade

A última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro se encerrou neste domingo. Rivais estaduais, Palmeiras e Corinthians venceram as suas partidas e, assim, se isolaram na primeira e segunda colocações, respectivamente.

Além dos quatro pontos que separam os clubes na tabela de classificação, o trabalho de gestão dos elencos também diferem. Enquanto o Verdão mantém o mesmo treinador e padrão desde 2020, o Timão vem construindo um padrão após a chegada de Vítor Pereira. Ao programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, o técnico Guto Ferreira comparou as gestões dos rivais paulistas.

"Sobre gestão de elenco e montagem de plantel. Acho que tanto um quanto o outro (Palmeiras e Corinthians) mostram que tem gestão, sim. As fases que são diferentes. O Palmeiras já tem uma espinha dorsal estruturada há muito tempo, com títulos que fortalecem esse trabalho e eles vão ano após ano, mexendo em algumas peças conforme a necessidade, ajustando", disse.

Corinthians se estruturando, mas com bons resultados

Por fim, sobre o lado alvinegro do Derby, Guto Ferreira destaca o início de trabalho do treinador português, que chegou em fevereiro para comandar o clube. Com quase cinco meses de trabalho, Vítor Pereira soma bons resultados e mantém o Corinthians vivo nas três competições que disputa.

"O Corinthians está numa fase de estruturação da sua espinha dorsal. Os erros fazem parte do processo até que você consiga ter um plantel estruturado com uma espinha dorsal montada e fortalecida por resultados. Isso não quer dizer que o Corinthians não vá fazer frente. O Palmeiras tende a ter um pouco de vantagem por estar há mais tempo junto, mas isso não diz o resultado na hora dos 90 minutos", completou o treinador.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade