PUBLICIDADE

Com pênalti polêmico, Atlético-MG vence o Juventude, bate recordes e se aproxima do título

20 nov 2021 21h15
| atualizado às 23h15
ver comentários
Publicidade

O Atlético-MG deu mais um passo importante em direção ao título do Campeonato Brasileiro.

Na noite deste sábado, o Galo venceu o Juventude por 2 a 0, no Estádio do Mineirão, pela 34ª rodada da competição.

O resultado levou a equipe de Cuca, líder isolada, aos 74 pontos. Já o time gaúcho, com 39 pontos, é o 15º, por enquanto, fora da zona de rebaixamento.

O triunfo foi o 14º seguido do Atlético-MG como mandante neste Brasileirão, o que é um novo recorde na história do campeonato desde que fórmula por pontos corridos foi implantada.

Além disso, o público presente, de 61.476 pessoas, também foi inédito, o maior de todos desde que o estádio foi reinaugurado com as reformas feitas para a Copa do Mundo de 2014.

No gramado, Hulk foi o nome do jogo, com dois gols anotados na etapa final. O primeiro deles com muita polemica. Diego Costa caiu dentro da área e alegou puxão de Dawhan. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira nada marcou, mas o VAR recomendou a revisão e, após muitos replays, o pênalti duvidoso foi assinalado.

Hulk deslocou o goleiro e acabou com o, até então, eficiente sistema defensivo do Juventude, que tinah sofrido apenas com uma bola no travessão de Nathan Silva.

Na sequência, Keno puxou contra-ataque e deixou Hulk na boa. O atacante dominou e colocou a bola na gaveta, para decretar a vitória.

Agora, o Galo vai visitar o Palmeiras, terça-feira, às 21h30, no Allianz Parque. O Juventude também jogará fora de casa na terça, mas em Goiás, contra o Atlético-MG, às 19 horas.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 X 0 JUVENTUDE

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data: 20 de novembro de 2021, sábado

Horário: 19 horas (de Brasília)

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP-Fifa)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Miguel Caetano Ribeiro da Costa (ambos de SP)

VAR: Pericles Bassols Pegado Cortez (SP)

Cartões amarelos: Mariano (ATL); Jadson, Dawhan (JUV)

Público e renda: 61.476 / R$ 4.649.287,50

GOLS:

Atlético-MG: Hulk, aos 26 e aos 31 minutos do 2T

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Nathan Silva, Réver (Nacho Fernández) e Guilherme Arana; Allan, Jair, Zaracho (Tchê Tchê) e Keno (Savarino); Hulk e Diego Costa (Igor Rabello)

Técnico: Cuca.

JUVENTUDE: Douglas; Douglas Friedrich; Michel Macedo, Quintero (Didi), Rafael Forster (Rafael Bilu) e William Matheus; Dawhan; Capixaba (Paulo Henrique), Jadson (Wescley), Ricardinho e Sorriso; Ricardo Bueno

Técnico: Jair Ventura.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade