0

Com otimismo, Oswaldo de Oliveira assume o Fluminense

26 ago 2019
15h51
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico Oswaldo Oliveira foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira, após o treinamento realizado no CT do Fluminense e confessou que se sente na melhor fase da sua vida profissional porque aprendeu a armazenar e transmitir experiências.

Na entrevista coletiva, ele disse que pretende montar um time competitivo que vai se comportar de acordo com o adversário. Ele ainda garantiu que, desde domingo, está trabalhando para armar uma equipe que tenha condições de superar o Corinthians, no duelo por uma vaga nas semifinais da Copa Sul-Americana. "O futebol brasileiro é equilibrado, tem equipes muito fortes. Vamos jogar analisando o adversário e as nossas forças", comentou.

O treinador já colaborou com o auxiliar técnico Marcão no jogo de ida com o Corinthians e revelou que iniciou seu trabalho no Tricolor das Laranjeiras dando ênfase ao setor defensivo. Segundo ele, este é o princípio básico do futebol para armar uma equipe.

Em relação ao seu estilo de trabalho, Oswaldo de Oliveira disse que só eleva o tom quando é necessário. Segundo ele, sua função exige calma e reflexão.

Esta é a terceira passagem de Oswaldo de Oliveira pelo Fluminense (Foto: Reprodução/Fluminense)

O comandante ainda falou sobre seu antecessor e elogiou o trabalho de Fernando Diniz. Oliveira disse que o conhece desde os tempos de Audax e citou Allan e Caio Henrique como atletas que ganharam projeção depois que trabalharam com ele. Para o treinador de 68 anos, ambos tem características semelhantes. "Em todos os lugares que passo, eu promovo, dou força, tento recuperar jogadores", destacou.

Sobre o fato de ser um técnico experiente substituindo um profissional jovem, o que tem acontecido com certa frequência no futebol brasileiro, Oswaldo de Oliveira disse que isso é normal e que a competência de um profissional não pode ser medida pela idade. "A competência vem do estudo, embora a idade te dê experiência", analisou.

O treinador recordou sua passagem pelo clube em 2001 e disse que o Fluminense fez uma campanha excelente e foi derrotado apenas na semifinal com uma arbitragem irregular. Além disso, lembrou das homenagens que recebeu da torcida tricolor.

Oswaldo de Oliveira afirmou que sua volta ao Fluminense é um sonho realizado porque é um clube onde sempre se sentiu bem e onde fez diversos amigos. O treinador afirmou que espera obstáculos, mas está disposto a trabalhar com muito prazer e muita vontade. "Quero ajudar o Fluminense a superar essa situação dificil e voltar a estar no lugar onde merece no futebol brasileiro", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade