2 eventos ao vivo

Santos vence o Avaí na Vila e é líder do Brasileirão

28 jul 2019
17h59
atualizado às 18h10
  • separator
  • 0
  • comentários

O Santos venceu o Avaí por 3 a 1 na tarde deste domingo, na Vila Belmiro, e assumiu a liderança isolada do Campeonato Brasileiro, com dois pontos à frente do Palmeiras após 12 rodadas. É a primeira vez na liderança desde agosto de 2016.

O Peixe construiu a vitória com gols de Derlis González, Carlos Sánchez e Felipe Jonatan. O gol dos catarinenses foi de João Paulo. O técnico Jorge Sampaoli mostrou que tem estrela: Derlis foi a surpresa na escalação e Felipe entrou no intervalo, no lugar de Alison, improvisado no meio-campo.

Felipe Jonatan comemora gol contra o Avaí, na Vila Belmiro
Felipe Jonatan comemora gol contra o Avaí, na Vila Belmiro
Foto: Maurício de Souza/Diário do Litoral / Estadão

O Alvinegro não teve vida fácil para vencer o lanterna. Os donos da casa abriram o placar, sofreram o empate e desempataram ainda no primeiro tempo. Na etapa final, o jogo ficou aberto, com chances para os dois lados.

O Santos voltará a campo para enfrentar o Goiás, domingo, novamente na Vila. O Avaí receberá o Botafogo, no mesmo dia.

O JOGO

O Santos foi para cima desde o primeiro minuto, empurrando o Avaí no campo de defesa. E o gol não demorou a sair. Aos 8 minutos, Sánchez cruzou, a zaga afastou mal e a bola sobrou no pé de Derlis. O uruguaio bateu forte e abriu o placar.

Empurrado pela torcida, o Peixe seguiu na pressão e teve duas chances com Sasha. Na sequência, porém, diminuiu o ritmo e o Avaí equilibrou as ações.

No minuto 23, Aguilar salvou em chute de Ferrareis. E aos 27, o Avaí se aproveitou do atendimento médico a Diego Pituca, tocou bem a bola e encontrou João Paulo, livre, para deslocar Everson e empatar.

O Alvinegro "acordou" e logo desempatou. Soteldo, melhor em campo na primeira etapa, entortou a defesa e cruzou na cabeça de Sánchez na pequena área. O uruguaio deslocou Lucas Frigeri e colocou os donos da casa de volta à frente quando o placar marcava 32′ jogados.

Segundo tempo

O Santos passou a ter maior controle do jogo no segundo tempo e o Avaí ofereceu menos perigo nos contra-ataques. A primeira chance real, porém, só veio aos 23 minutos.

Felipe Jonatan arriscou de fora da área, Lucas Figeri rebateu e Sasha, sozinho, bateu na trave depois do goleiro tocar na bola. Após dois minutos, Felipe deu um chapéu e deixou Marinho sozinho. O atacante chutou nova grande defesa de Frigeri.

No minuto 25, o Avaí respondeu. Pedro Castrou lançou Gegê e o atacante girou e bateu para intervenção providencial de Everson, a primeira do goleiro santista.

E depois de dar emoção ao jogo, o Santos garantiu a vitória e liderança do Brasileirão aos 32 minutos. E foi um golaço de Felipe Jonatan. O lateral-esquerdo deu um chapéu em Betão e chutou, com desvio em Pedro Castro, para encobrir o goleiro Lucas.

Nos minutos finais, o Avaí esteve entregue. O Santos seguiu no ataque e poderia até ter construído uma goleada. O Peixe é líder pela primeira vez desde agosto de 2016.

Ficha técnica

Santos 3 x 1 Avaí

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data: 28 de julho de 2019 (domingo)

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Wagner Reway (PB)

Auxiliares: Fabio Pereira (TO) e Ivan Carlos Bohn (PR)

VAR: Adriano Milczvski (PR)

Público e renda: 12.787/R$ 461.520,00

Cartões amarelos: SANTOS: Alison e Uribe. AVAÍ: Marquinhos Silva e Léo

Gols

Santos: Derlis González e Carlos Sánchez, aos 8 e 32 minutos do 1T; Felipe Jonatan, aos 32 minutos do 2T.

Avaí: João Paulo, aos 27 minutos do 1T.

SANTOS: Everson, Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Jorge; Alison (Felipe Jonatan), Diego Pituca e Carlos Sánchez; Derlis González (Jean Mota), Soteldo (Marinho) e Eduardo Sasha

Técnico: Jorge Sampaoli

AVAÍ: Lucas Frigeri, Léo, Betão, Marquinhos Silva e Igor Fernandes (Julinho); Pedro Castro, Richard Franco, Lourenço, João Paulo e Gustavo Ferrareis (Caio Paulista); Bruno Sávio (Gegê)

Técnico: Alberto Valentim

Veja também

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade