0

Brasileiro Série A

CBF quer árbitros mais rigorosos com jogadores reclamões

Romildo de Jesus/Futura Press
16 abr 2018
09h19
  • separator
  • comentários

A primeira rodada do Brasileiro ainda nem terminou e já é possível detectar um problema que pode prejudicar o andamento da competição: a indisciplina de jogadores que passam a maior parte do tempo reclamando da arbitragem. Isso ficou nítido em várias das oito partidas da Série A disputadas no sábado (14) e domingo (15).

Por isso, a cúpula da Comissão de Arbitragem da CBF decidiu orientar seus subordinados a não tolerar excessos. Ou seja, reclamou com veemência: cartão amarelo. Se já tiver sido punido, o jogador deve ser expulso.

No empate de sábado entre Vitória e Flamengo (2 a 2), no Barradão, Wagner Reway (MT) foi cercado várias vezes pelos atletas, por causa de suas decisões. Mais do que isso, alguns apontaram o dedo em riste para o árbitro, num gesto claro e ostensivo de desrespeito.

No mesmo dia, na vitória do Grêmio sobre o Cruzeiro por 1 a 0, no Mineirão, Rodolpho Marques (PR) se viu cercado e desafiado por vários jogadores do time gaúcho após expulsar o zagueiro Kannemann por entrada violenta em Arrascaeta.

Já na partida Vasco 2 x 1 Atlético-MG, domingo, em São Januário, André Luiz Castro (GO) por pouco não foi agredido por alguns jogadores da equipe de Minas assim que marcou um pênalti no final da partida, convertido pelo Vasco.

Ainda houve reclamações acintosas de jogadores do Fluminense direcionadas à arbitragem na derrota do Tricolor para o Corinthians por 2 a 1, domingo, em São Paulo.

Em todas essas situações, o árbitro se mostrou passivo demais e não coibiu a atitude dos jogadores. Por isso, a Comissão da CBF já ‘entrou em campo’ e resolveu agir. A ordem é não deixar que isso se avolume.

 

Veja também:

 

Fonte: Especial para Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade