PUBLICIDADE

Bruno Rodrigues interessa a clubes das Séries A e B, mas São Paulo nega empréstimo

28 jun 2021 18h17
| atualizado às 18h17
ver comentários
Publicidade

Aparentemente fora dos planos do técnico Hernán Crespo, Bruno Rodrigues vem gerando o interesse de diversos clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro. Entretanto, apesar de não estar contando com o jogador regularmente, o São Paulo não pretende cedê-lo a qualquer outro time.

Além da Ponte Preta, seu ex-clube, Bruno Rodrigues também foi sondado por times da Série A, como Bahia, Sport, Juventude e Chapecoense. Nenhuma proposta, porém, agradou o Tricolor.

Para contar com Bruno Rodrigues, o São Paulo desembolsou R$ 250 mil à Tombense, clube que detém seus direitos econômicos, estabelecendo uma opção de compra ao fim do vínculo fixada em 1,25 milhão de euros (R$ 7,8 milhões à época).

Bruno Rodrigues chegou ao Morumbi após uma grande temporada com a camisa da Ponte Preta. Em 2020, o atacante foi o maior garçom da Série B, com 12 assistências, além de também ter sido o artilheiro da Macaca, com 11 gols.

O desempenho acima da média chamou atenção do São Paulo, e Bruno Rodrigues acabou se tornando o primeiro reforço da gestão do novo presidente, Julio Casares. A contratação empolgou a torcida, mas não teve o mesmo efeito para o técnico Hernán Crespo, que o colocou em campo apenas sete vezes, totalizando 80 minutos.

Ainda sem vencer no Campeonato Brasileiro e bastante pressionado, o técnico Hernán Crespo já mostrou que não abre mão de suas convicções, mas o mau momento da equipe pode abrir espaço para que Bruno Rodrigues, enfim, possa mostrar seu valor no São Paulo e, quem sabe, trilhar uma trajetória parecida com a da temporada passada, quando brilhou com a camisa da Ponte Preta.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade