0

Botafogo busca reação na Taça Rio no Nilton Santos diante do Madureira

10 mar 2019
20h03
  • separator
  • comentários

Derrotado por 1 a 0 pelo Volta Redonda no Carnaval, com apenas um ponto conquistado no Grupo C e correndo sério risco de ficar de fora das semifinais. Este é o Botafogo que recebe o Madureira nesta segunda-feira, às 20h(de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), buscando a reação. O confronto, que fecha a terceira rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, apresenta um Tricolor Suburbano que tem um ponto no Grupo B e que vem de uma derrota de 1 a 0 para o Bangu.

Zé Ricardo, técnico do Botafogo, tem trabalhado o aspecto psicológico dos jogadores a fim de que eles consigam entender a importância de se ganhar os quatro jogos finais.

"Nós precisamos reagir rapidamente, pois o Botafogo que vem atuando no Campeonato Carioca está abaixo do que podemos produzir. Mas vamos para os jogos finais, a começar neste contra o Madureira, sabendo que temos que manter a concentração em alta. Não podemos mais errar", disse Zé Ricardo.

Os jogadores têm consciência do delicado momento e querem apresentar no Estadual o bom desempenho exibindo em jogos da Copa do Brasil, como nos 3 a 0 sobre o Cuiabá, e contra o argentino Defensa Y Justicia, que rendeu a classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana.

"Nós estamos nos cobrando muito, pois o Botafogo é um dos grandes clubes do Rio de Janeiro e não podemos estar com esta classificação. Portanto, não conseguimos explicar o que vem acontecendo no Campeonato Carioca, já que mostramos nosso v alor em jogos muito complicados, como na Copa Sul-Americana e na Copa do Brasil. Vamos trabalhar muito para mudar esta realidade já na partida contra o Madureira", disse o lateral-direito Marcinho.

Para este compromisso o Botafogo perdeu o goleiro paraguaio Gatito Fernández, que sofreu uma fratura no dedo da mão direita e deverá ficar um mês parado. Assim, Diego Cavalieri assume de vez a condição de titular. O volante Alex Santana, se recuperando de dores na coxa direita, segue de fora.

Pelo lado do Madureira, o experiente técnico Gaúcho, que já trabalhou no Vasco, fará a sua estreia. Ele substitui a Antonio Carlos Roy, que deixou o clube após a derrota para o Bangu. O novo treinador vai precisar melhorar o desempenho ofensivo e a principal aposta recai nas costas do veterano artilheiro Tássio, que já defendeu inclusive as cores do Botafogo, mas sem muito sucesso.

A tarefa do treinador é complicada, pois o time ainda não ganhou na competição e tem três pontos na classificação geral, que leva em consideração os dois turnos, aparecendo em penúltimo lugar, a temida zona que leva para a seletiva na próxima temporada.

Pelo regulamento da Taça Rio os times dos dois turnos se enfrentam, uma chave contra a outra, em turno único. Ao fim das seis rodadas, os dois primeiros colocados de cada chave garantem vaga nas semifinais.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO X MADUREIRA

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 11 de março de 2019 (Segunda-feira)

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro (RJ) e Thiago Esposito (RJ)

BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Marcinho, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Jonathan; Jean, Gustavo Bochecha e Leonardo Valencia; Rodrigo Pimpão, Kieza e Erik

Técnico: Zé Ricardo

MADUREIRA: Douglas, Arlen, Junior Lopes, Pierre e Rezende; Levi, Rodrigo Dantas, Everton e Luciano Naninho; Marlon e Tássio

Técnico: Gaúcho

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade