PUBLICIDADE
Logo do

Bahia

Meu time

Bahia sai na frente, mas cede empate ao Cuiabá no Brasileiro

Resultado não ajuda o time do Mato Grosso, que fica na zona de rebaixamento do torneio; equipe baiana chega ao 5º jogo seguido sem vitória

7 ago 2021 23h04
| atualizado em 8/8/2021 às 00h05
ver comentários
Publicidade

Em confronto válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, apenas a vitória interessava para Cuiabá e Bahia, na Arena Pantanal, na noite deste sábado. Saindo na frente com gol marcado por Rodriguinho, o Dourado não deixou-se abater e, já nos momentos finais da primeira etapa, deixou tudo igual com Pepê, fechando o placar em 1 a 1.

Gols no duelo entre Cuiabá e Bahia foram marcados ainda na primeira etapa (Foto: AssCom Dourado)
Gols no duelo entre Cuiabá e Bahia foram marcados ainda na primeira etapa (Foto: AssCom Dourado)
Foto: Lance!

Com o resultado, a equipe comandada por Jorginho acabou ficando no zona de rebaixamento, na 17ª colocação, já que o São Paulo acabou vencendo na rodada. O time soma agora 14 pontos, contra 15 do time tricolor. O Bahia, por sua vez, chegou ao quinto jogo seguido sem vencer na competição, ficando na 10ª posição, agora com 18 pontos.

O jogo

Fazendo valer o fator casa, o Dourado foi pra cima nos primeiros movimentos, quase conseguindo abrir a contagem com Daniel Grava, mas que a defesa do Bahia acabou evitando o tento do meia que.

Já o Esquadrão, mesmo sofrendo com a forte marcação dos donos da casa que cometiam muitas faltas, aos pouco foi encontrando espaço em seu campo de ataque. Na melhor chance, Walter acabou fazendo em uma cabeçada após escanteio cobrado por Nino, evitando o tento.

Tentando ditar as ações no jogo, o Bahia foi melhorando. Até que aos 15 minutos, em uma primeira tentativa de finalização, Rodriguinho viu seu chute ser bloqueado por Uilian Corrêa, entretanto, na insistência em encontrar seu tento, outra vez o camisa 10 voltou a aparecer na área adversária, mas dessa vez tendo êxito, aproveitando bonito passe de Rossi, ficando cara a cara com o goleiro para fazer 1 a 0.

Tentando não desanimar após o tento sofrido, o Cuiabá não quis saber de deixar o Esquadrão crescer no jogo. Com isso, já na reta final da etapa, aos 36 minutos, Pepê, após uma linda jogada individual, livrou-se da marcação para marcar o gol de empate na Arena Pantanal, deixando tudo igual em 1 a 1.

Sem modificações dos dois lados, quem adotou uma postura mais ofensiva no começo da etapa final foram os donos da casa. E quase se deram bem. Nos primeiros movimentos, após boa chegada pela direita, Danilo Gomes chegou a marcar o gol da virada, porém a arbitragem acabou anulando o feito ao assinar um impedimento de João Lucas no começo da jogada.

Com o placar em aberto, os dois treinadores então optaram por substituições visando dar um novo ânimo no jogo. Pelo lado de Jorginho, mudando a dupla de ataque, Felipe Marques e Elton foram os escolhidos, enquanto Dado Cavalcanti, também reforçando o sistema ofensivo, colocou Raniele e Gilberto.

Entretanto, até os 35 minutos, poucos foram os lances de perigo, quase não dando trabalho aos goleiros Walter e Matheus Oliveira.

Com as últimas substituições sendo promovidas, a expectativa era de encontrar um gol nos últimos momentos. Porém, até os acréscimos, mesmo com a expulsão de Felipe Marques, aos 44 minutos, que chegou a derrubar Maycon Douglas na entrada da área, foi suficiente para o Bahia tentar surpreender o adversário, tendo uma única chance com Ranielle, aos 47, mas Walter acabou fazendo grande defesa dando a deixa para a arbitragem colocar um ponto final no duelo em Mato Grosso.

FICHA TÉCNICA

CUIABÁ 1 x 1 BAHIA

Data e horário: 07/08/2021, às 21h (de Brasília).

Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT).

Árbitro: Heber Roberto Lopes (CBF-SC).

Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA-SC) e Johnny Barros de Oliveira (CBF-SC).

Cartões Amarelos: Marcos Serrato, 15'/1ºT; Rossi, 12'/2ºT; Rodallega, 46'/2ºT.

Cartões Vermelhos: Felipe Marques, 44'/2ºT.

Gols: Rodriguinho, 25'/1ºT (1-0); Pepê, 36'/1ºT (1-1).

CUIABÁ: Walter; João Lucas, Marllon, Paulão e Uendel; Uillian Correia (Auremir, aos 38'/2ºT), Pepê, Camilo e Rafael Gava (Osman, aos 38'/2ºT); Jonathan Cafu (Felipe Marques, aos 23'/2ºT) e Jenison (Elton, aos 23'/2ºT). Técnico: Jorginho

BAHIA: Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Juninho Capixaba; Edson (Raniele, aos 23'/2ºT), Daniel (Maycon Douglas, aos 39'/2ºT) e Lucas Mugni; Rossi (Matheus Galdezani, aos 38'/2ºT), Óscar Ruiz (Rodallega, aos 11'/2ºT) e Rodriguinho (Gilberto, aos 23'/2ºT). Técnico: Dado Cavalcanti.

 

Lance!
Publicidade
Publicidade