0

Atlético-MG vira sobre Atlético-GO e assume liderança

Com o resultado, o Atlético-MG chegou aos 21 pontos e agora está um ponto na frente do vice-líder Internacional, que possui um jogo a mais

19 set 2020
23h07
atualizado às 23h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético-GO e Atlético-MG fizeram uma partida alucinante em Goiânia. O Dragão foi melhor no primeiro tempo e abriu o placar com um golaço de Oliveira, mas o Galo se recuperou na segunda etapa, conseguiu a virada, triunfou por 4 a 3 e assumiu a liderança do Brasileirão.

 Lance durante partida entre Atlético GO e Atlético MG, válido pelo Campeonato Brasileiro Série A, na cidade de Goiânia , GO, neste sábado, 19
Lance durante partida entre Atlético GO e Atlético MG, válido pelo Campeonato Brasileiro Série A, na cidade de Goiânia , GO, neste sábado, 19
Foto: Carlos Costa / Futura Press

Para conquistar a vitória, o time do técnico Jorge Sampaoli contou com uma grande atuação de Keno nos 45 minutos finais. O atacante marcou três gols, acertou uma bola no travessão e infernizou a defesa adversária. A entrada de Nathan no intervalo também ajudou o Alvinegro a subir de produção.

Com o resultado, o Atlético-MG chegou aos 21 pontos e agora está um ponto na frente do vice-líder Internacional, que possui um jogo a mais. O Atlético-GO, por outro lado, viu a sequência invicta de quatro jogos no Brasileirão acabar e caiu para a 12ª colocação, com 12 pontos conquistados após 10 jogos.

Local: Estádio Olímpico, Goiânia (GO)

Data: 19 de setembro de 2020, sábado

Horário: 21h00 (de Brasília)

Árbitro: Edina Alves Batista (SP)

Assistentes: Neuza Inês Back (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)

VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP)

Cartões amarelos: Renato Kayzer e Edson (Atlético-GO)

Gols: Oliveira, aos 20 minutos do 1ºT, Gustavo Ferrareis, aos 9, e Gilvan, aos 49 minutos do 2ºT (Atlético-GO); Keno, aos 7, 19 e 32, e Nathan, aos 14 minutos do 2ºT (Atlético-MG)

ATLÉTICO-GO: Jean; Dudu (Gilvan), João Victor, Éder e Nicolas; Oliveira (Matheus Vargas), Edson e Chico; Gustavo Ferrareis (Everton Felipe), Janderson (Matheuzinho) e Reanto Kayzer

Técnico: Vagner Mancini

ATLÉTICO-MG: Everson; Guga (Igor Rabello), Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Allan (Nathan) e Alan Franco; Savarino (Maílton), Keno (Sávio) e Eduardo Sasha (Mariano)

Técnico: Jorge Sampaoli

Veja também:

Editor do L! analisa grave crise dentro e fora de campo do Botafogo
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade