PUBLICIDADE

Atlético-GO vence Bahia de virada em Salvador pelo Brasileirão

15 ago 2021 20h23
| atualizado às 20h23
ver comentários
Publicidade

Neste domingo, o Atlético Goianiense venceu o Bahia, fora de casa, por 2 a 1, pela 16ª rodada do Brasileirão Série A. Gilberto marcou para os mandantes em Pituaçu, enquanto Zé Roberto e João Paulo comandaram a virada dos visitantes.

Com o triunfo, o Dragão é o 7º colocado do campeonato e soma 23 pontos. O Tricolor de Aço, que tem 18, ocupa a 12ª posição.

O jogo - O Bahia começou melhor na partida, pressionando o Atlético, que mantinha mais a bola. O time da casa, sob o comando de Dado Cavalcanti, abriu o placar aos 25 minutos do primeiro tempo, com um golaço de Gilberto. O atacante recebeu de fora da área e finalizou forte, no ângulo direito de Fernando Miguel.

Apesar do gol sofrido, a equipe treinada por Eduardo Barroca melhorou no final da etapa inicial: se impôs no jogo e atacou o adversário.

Já no segundo tempo, a equipe de Salvador continuou pressionando, mas quem balançou as redes foi o Atlético. Arnaldo cruzou pela esquerda e Zé Roberto, artilheiro do time, marcou de cabeça e empatou o duelo aos nove.

Seis minutos mais tarde, João Paulo aproveitou saída errada do goleiro Matheus Teixeira e, de frente para a meta, finalizou rasteiro, no canto esquerdo. Com o gol, o Dragão virou a partida, resistiu à pressão adversária e manteve o resultado, sacramentando a vitória.

O Bahia volta a campo no sábado, às 19h00 (de Brasília), quando enfrenta o Grêmio em Porto Alegre. O Atlético-GO, por sua vez, recebe a Chapecoense, às 17h00.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 1 X 2 ATLÉTICO GOIANIENSE

Local: Pituaçu, em Salvador (BA)

Data: 15 de agosto de 2021, domingo

Hora: 18h15 (de Brasília)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)

VAR: Pericles Bassols (SP)

Cartões amarelos: Daniel e Conti (Bahia)

GOLS:

Bahia: Gilberto (aos 25 do 1º tempo)

Atlético-GO: Zé Roberto (aos 9 do 2º tempo) e João Paulo (aos 15 do 2º tempo)

BAHIA: Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Juninho Capixaba; Patrick de Lucca (Matheus Bahia), Daniel e Lucas Mugni (Óscar Ruíz); Maycon Douglas (Matheus Galdezani), Gilberto (Rodallega) e Rodriguinho

Técnico: Dado Cavalcanti

ATLÉTICO-GO: Fernando Miguel; Dudu (Jonas Toró, que se machucou e foi substituído por Arthur Henrique), Wanderson, Éder e Natanael; Baralhas e Willian Maranhão; Arnaldo, João Paulo (André Lima) e Janderson (Lucão); Zé Roberto (Ronald)

Técnico: Eduardo Barroca

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade