PUBLICIDADE

Árbitro da final da Libertadores já apitou duas eliminações do Palmeiras

27 out 2021 17h11
| atualizado às 17h11
ver comentários
Publicidade

Nesta quarta-feira, a Conmebol definiu Néstor Pitana como árbitro da final da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo. O Verdão não costuma dar sorte em partidas comandadas pelo argentino.

O árbitro apitou quatro jogos dos paulistas no torneio - em nenhuma o Alviverde venceu. A primeira foi uma dura eliminação em casa. Em 2017, após perder o jogo de ida das oitavas de final por 1 a 0, o Palmeiras recebeu o Barcelona de Guayaquil em busca de uma virada. O Palestra venceu pelo placar mínimo, com gol de Moisés, e a classificação foi decidida nos pênaltis. Nas cobranças, os visitantes venceram por 5 a 4 - Egídio e Bruno Henrique desperdiçaram pelos anfitriões.

Eliminação no Pacaembu

Em 2019, o Palmeiras novamente seria eliminado em uma partida comandada por Néstor. Desta vez, foi contra o Grêmio, pelo jogo de volta das quartas de final. Os gaúchos perderam o primeiro confronto por 1 a 0, mas venceram no Pacaembu por 2 a 1 e se classificaram pelo critério do gol qualificado.

Já no ano em que se sagraram bicampeões, os paulistas tiveram apenas uma partida apitada pelo argentino. Foi logo na fase de grupos, em um empate sem gols, fora de casa, contra o Guaraní, do Paraguai.

Na atual edição do torneio, Pitana comandou o jogo de ida das quartas de final diante do São Paulo. O confronto terminou empatado em 1 a 1. Na volta, o Verdão venceu por 3 a 0.

A final contra o Flamengo irá ocorrer no dia 27 de novembro, no estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. Os comandados de Abel Ferreira esperam quebrar o jejum de vitórias em partidas comandadas por Néstor Pitana e conquistar o tricampeonato.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade