3 eventos ao vivo

Brasileirão 2020: premiação, times, transmissão, calendário, campeões e muito mais 

Campeonato será finalizado apenas em fevereiro de 2021, em razão do atraso no início da competição, por causa do novo coronavírus

1 ago 2020
17h13
atualizado em 6/8/2020 às 12h50
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Com quase três meses de atraso, o Campeonato Brasileiro de 2020 começa no dia 8 de agosto e 19 clubes buscam tirar o título que está nas mãos do Flamengo, atual campeão. A competição deste ano será bem diferente do que foi em 2019, já que o calendário sofreu alterações, em razão do novo coronavírus, e também podemos ver uma grande disputa pelos direitos de transmissão da competição.

O Flamengo sem Jorge Jesus, o Palmeiras sem Dudu, o Corinthians com a volta de Jô e o Atlético-MG com Jorge Sampaoli são algumas das novidades que teremos no Nacional. Para tentar facilitar a vida do torcedor, o Estadão explica algumas questões que podem criar dúvidas. Confira a tabela completa do Brasileirão aqui.

Troféu do Campeonato Brasileiro
Troféu do Campeonato Brasileiro
Foto: Divulgação|CBF / Estadão

Onde assistir o Brasileirão 2020?

Até o ano passado, Rede Globo (TV Globo, SporTV e Premiere) e Turner (TNT e Space) dividiam as transmissão. Quando o jogo era entre equipes que tinham acordo com emissoras diferentes, ninguém passava. Mas em junho deste ano, a Medida Provisória 984, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro determinou que os direitos de transmissão passam a ser apenas do time mandante. E deu-se início a uma grande confusão que já pôde ser vista durante o Campeonato Carioca.

Alguns advogados e clubes defendem a ideia de que a MP só vale para novos contratos. Ou seja, o Brasileirão não sofreria alteração até 2024, quando encerra o atual contrato. Mas há uma outra leitura de que a MP já vale neste momento, então uma emissora poderia passar a partida de um time com quem tenha parceria, mesmo que o adversário tenha fechado com a concorrência. Por enquanto, seguem os direitos do ano passado.O Red Bull Bragantino é o único time que não tem acordo com nenhuma emissora.

Quando começa

A edição 2020 iria começar no dia 2 de maio, mas em razão da pandemia de novo coronavírus, a data foi alterada para o dia 8 de agosto. E o torneio se encerra no dia 24 de fevereiro de 2021.

Regulamento do Brasileirão

A Série A mantém o regulamento dos últimos anos. São 20 clubes, que se enfrentam em turno e returno e o time que mais pontuar, será declarado o campeão. Os seis primeiros colocados vão para a Copa Libertadores de 2021 e os seis seguintes vão para a Copa Sul-Americana (lembrando que o número de classificados podem alterar, se algum time ficar na zona de classificação para um torneio continental e ser campeão da Libertadores, Copa do Brasil ou Sul-Americana).

Tem VAR no Brasileirão?

Sim, todos os jogos contarão com VAR, o árbitro de vídeo.

Premiação do Brasileirão 2020

Ao contrário do que aconteceu no ano passado, todos os times irão receber algum valor da CBF pela participação no campeonato. Até o ano passado, os quatro rebaixados não ganhavam nada. O valor irá variar de acordo com a posição da equipe na classificação fical e o campeão ficará com R$ 31,74 milhões (no ano passado, o Flamengo arrecadou R$ 33 milhões).

Confira os valores por posição

  1. R$ 31.746.000
  2. R$ 30.096.000
  3. R$ 28.446.000
  4. R$ 26.796.000
  5. R$ 25.146.000
  6. R$ 23.496.000
  7. R$ 21.846.000
  8. R$ 20.196.000
  9. R$ 18.546.000
  10. R$ 16.896.000
  11. R$ 12.936.000
  12. R$ 11.946.000
  13. R$ 10.956.000
  14. R$ 10.626.000
  15. R$ 10.296.000
  16. R$ 9.966.000
  17. R$ 5.544.000
  18. R$ 5.115.000
  19. R$ 4.785.000
  20. R$ 4.620.000

Times da Série A

  • Athletico Paranaense
  • Atlético Goianiense
  • Atlético Mineiro
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Grêmio
  • Internacional
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Sport
  • Vasco

Lista de campeões

  • ?Palmeiras : 10 (1960, 1967, 1967, 1969, 1972, 1973, 1993, 1994, 2016 e 2018)
  • Santos: 8 (1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1968, 2002 e 2004)
  • Corinthians: 7 (1990, 1998, 1999, 2005, 2011, 2015 e 2017)
  • São Paulo: 6 (1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008)
  • Flamengo: 6 (1980, 1982, 1983, 1992, 2009 e 2019)
  • Cruzeiro: 4 (1966, 2003, 2013 e 2014)
  • Fluminense: 4 (1970, 1984, 2010 e 2012)
  • Vasco: 4 (1974, 1989, 1997 e 2000)
  • Inter: 3 (1975, 1976 e 1979)
  • Bahia: 2 (1959 e 1988)
  • Botafogo: 2 (1968 e 1995)
  • Grêmio: 2 (1981 e 1996 )
  • Atlético-MG: 1 (1971)
  • Guarani: 1 (1978)
  • Coritiba: 1 (1985)
  • Sport: 1 (1987)
  • Athletico-PR: 1 (2001)

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade