PUBLICIDADE

Botafogo vira sobre o Náutico e assume o 2º lugar da Série B

Time carioca chega à quinta vitória seguida na competição, graças a gols de Luis Oyama e Rafael Navarro, no Nilton Santos, e mantém boa fase

18 set 2021 19h10
| atualizado às 19h33
ver comentários
Publicidade

Com a ilustre presença nas arquibancadas de Rafael, novo contratado, o Botafogo virou para cima do Náutico e venceu por 3 a 1, na tarde deste sábado, no estádio Nilton Santos, pela 24.ª rodada, e assumiu provisoriamente a vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Jean Carlos abriu o marcador para os pernambucanos, enquanto Luís Oyama e Rafael Navarro (2) viraram para os cariocas.

Jogadores do Botafogo comemoram um dos gols da vitória deste sábado
Jogadores do Botafogo comemoram um dos gols da vitória deste sábado
Foto: Vitor Silva/Botafogo

Com a quinta vitória seguida e o sétimo jogo sem derrota, o Botafogo pulou para o segundo lugar, com 44 pontos, a quatro da liderança, hoje ocupada pelo Coritiba. O Náutico, comandado por Marcelo Chamusca, ex-técnico do Botafogo, não vence há quatro partidas e, na oitava colocação, acumula 35 pontos, a seis do G4 - zona de acesso à elite nacional.

O Náutico surpreendeu o Botafogo logo aos 8 minutos. Jean Carlos recebeu de Vinícius e bateu da entrada da área para abrir o marcador. O clube carioca manteve a calma e foi em busca do empate. Marco Antônio assustou em chute firme aos 17 minutos. Logo depois, aos 20, Rafael Navarro acertou a rede pelo lado de fora.

Antes do empate, Navarro ganhou da marcação e bateu firme, mas a bola explodiu em Alex Alves aos 26 minutos. Aos 40 minutos, Luís Oyama arriscou de fora da área, a bola desviou na zaga e entrou no gol de Alex Alves.

O Botafogo voltou animado para o segundo tempo e virou logo aos 4 minutos. Chay bateu cruzado, Alex Alves espalmou e Rafael Navarro completou para as redes. Aos 15 minutos, Alex Alves fez grande defesa em cabeçada de Gilvan. O jogo caiu de produção. Aos 50 minutos, Rafael Navarro aproveitou contra-ataque para ampliar e dar números finais ao jogo.

Na 25.ª rodada, o Botafogo enfrentará o CSA no Rei Pelé, em Maceió, na quinta-feira. Antes, na terça, o Náutico receberá o ameaçado Londrina no estádio dos Aflitos, em Recife, às 21h30.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 3 X 1 NÁUTICO

BOTAFOGO - Diego Loureiro; Daniel Borges, Kanu, Gilvan (Luiz Henrique) e Carlinhos; Barreto, Pedro Castro (Luís Oyama), Warley (Diego Gonçalves), Chay (Mezenga) e Marco Antônio (Kayque); Rafael Navarro. Técnico: Luis Fernando Flores (auxiliar).

NÁUTICO - Alex Alves; Hereda, Rafael Ribeiro, Camutanga e Bryan (Murillo); Djavan (Júnior Tavares), Matheus Trindade (Guilherme Nunes) e Jean Carlos; Luiz Henrique (Giovanny), Iago (Marciel) e Vinícius. Técnico: Marcelo Chamusca.

GOLS - Jean Carlos, aos 8, e Luís Oyama, aos 40 minutos do primeiro tempo; Rafael Navarro, aos 4 e aos 50 do segundo.

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza (SP).

CARTÕES AMARELOS - Camutanga, Bryan, Djavan (NÁUTICO).

LOCAL - Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).

Estadão
Publicidade
Publicidade