0

Barzagli se aposenta da Itália e chora: "Ninguém se lembrará desta seleção"

2 jul 2016
20h41
  • separator
  • 0
  • comentários

O zagueiro Andrea Barzagli, de 35 anos, confirmou após a eliminação para a Alemanha que não vestirá mais a camisa da seleção italiana. O jogador da Juventus chorou ao falar sobre o jogo deste sábado e lamentou a derrota por 6 a 5 na decisão por pênaltis que custou uma vaga nas semifinais da Eurocopa - a partida terminou empatado por 1 a 1 no tempo regulamentar.

"Nós realmente demos o máximo em campo. Infelizmente, saímos daqui com uma derrota. E, na minha opinião, nenhuma das coisas boas que fizemos será lembrada", disse Barzagli. "Tudo que fica é a decepção. Em alguns anos ninguém se lembrará desta seleção. Mas nos dedicamos ao máximo".

Barzagli disse que o time estava confiante em seguir na Eurocopa. Os alemães saíram na frente com um gol de Ozil, aos 19 minutos do segundo tempo, mas os italianos chegaram ao empate com Bonucci, aos 32. Nos pênaltis, Darmian viu o goleiro Nuer defender a última cobrança da Azurra, enquanto Hector balançou as redes e levou os alemães à próxima fase.

"Realmente aproveitamos esse tempo juntos. E queríamos seguir dessa forma. Estamos tristes", afirmou o zagueiro italiano.

Agora, a Itália volta as atenções para as Eliminatórias à Copa do Mundo de 2018. O time estreará na competição no dia 5 de setembro, contra Israel. A seleção está no Grupo B e disputará a vaga com Albânia, Espanha, Macedônia e Liechtenstein, além dos israelenses.

À frente da Azurra estará o técnico Giampiero Ventura, ex-Torino. O treinador Antonio Conte, que comandou a Itália nesta edição da Eurocopa, foi contratado pelo Chelsea e se despediu da equipe com a eliminação para os alemães.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade