0
Logo do Liga dos Campeões
Foto: Terra

Liga dos Campeões

Barça reencontra Liverpool após 12 anos para encerrar sina de quedas contra rival

Equipes se enfrentam nesta quarta-feira, no jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões

1 mai 2019
04h41
  • separator
  • comentários

Doze anos depois de terem se enfrentado pela última vez em um mata-mata de Liga dos Campeões, Barcelona e Liverpool fecham nesta quarta-feira, às 16 horas (de Brasília), no Camp Nou, os duelos de ida destas semifinais da Liga dos Campeões. Na terça, em Londres, o Ajax ficou mais perto da decisão ao superar o Tottenham por 1 a 0.

Na Espanha, a equipe dirigida pelo técnico Ernesto Valverde tentará dar um primeiro passo para poder despachar o time de Jürgen Klopp no jogo de volta, no próximo dia 7 de maio, na Inglaterra. Se isso acontecer, o clube vai encerrar uma sina de quedas amargada contra o rival em mata-matas continentais.

No último deles, o time inglês eliminou o adversário espanhol na oitavas de final da edição 2006/2007 do principal interclubes europeu. Naquela ocasião, o Liverpool saiu na frente com uma vitória por 2 a 1, no Camp Nou, no confronto de ida, e acabou avançando às quartas mesmo sendo derrotado por 1 a 0 na volta, em casa, tendo em vista o maior peso dos gols marcados como visitante para efeito de desempate.

O Barça, então como atual campeão europeu após o título obtido em 2006 sob o comando do holandês Frank Rijkaard, contava com um timaço que tinha em seu meio-campo Xavi, Iniesta e Deco, enquanto o trio de ataque era formado por Ronaldinho Gaúcho, Messi e Eto'o. Porém, o Liverpool mostrou força com uma equipe liderada pelo meio-campista Gerrard e que havia faturado a Liga dos Campeões em 2005.

Antes deste mata-mata de 2006, os dois times mediram forças por outras seis vezes em torneios europeus. E nas quatro primeiras ocasiões, assim como ocorre agora, se enfrentaram em semifinais, nas edições de 1975/1976 e de 2000/2001 da Copa da Uefa, hoje chamada de Liga Europa. No primeiro destes mata-matas, a equipe inglesa também levou a melhor com uma vitória por 1 a 0 e um empate por 1 a 1 para avançar à decisão. Vinte cinco anos depois, os dois clubes se reencontraram na mesma fase deste torneio e o Liverpool se garantiu na luta pelo título com uma igualdade sem gols e um triunfo por 1 a 0 para eliminar novamente os espanhóis.

Barça e Liverpool também duelaram em outras duas oportunidades na fase de grupos da Liga dos Campeões, na temporada 2001/2002, quando a equipe da Espanha estreou na competição superando o rival por 3 a 1, fora de casa, antes de ficar no 0 a 0 no Camp Nou. Assim, em oito embates continentais entre os dois gigantes do Velho Continente, o equilíbrio foi uma marca, independentemente das eliminações do Barça, pois foram três vitórias da equipe inglesa, duas da espanhola e dois empates, sendo que cada clube marcou seis gols.

INVENCIBILIDADE E MARCA HISTÓRICA

Diante do algoz europeu, o Barcelona vai defender nesta quarta-feira uma invencibilidade de 31 jogos no Camp Nou em confrontos válidos pela Liga dos Campeões. A equipe iniciou esta série invicta como mandante em setembro de 2013.

E o jogo desta quarta pode ser emblemático para o Barça também porque o time poderá completar 500 gols em seu histórico de participações na competição. Com 499, terá a chance de igualar uma marca que apenas o Real Madrid, maior campeão do torneio, possui até hoje.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade