5 eventos ao vivo

Avaí mantém dúvida entre os veteranos Aranha e Rubinho para 'decisão' com a Ponte

Geninho faz mistério antes de 'decisão' pelo acesso para a Série A contra a Ponte Preta

22 nov 2018
19h41
atualizado às 19h41
  • separator
  • 0
  • comentários

Geninho não parece estar disposto a dar dicas para Gilson Kleina antes da "decisão" entre Avaí e Ponte Preta, neste sábado, às 17 horas, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O treinamento desta quinta-feira foi fechado para a imprensa.

A principal dúvida do treinador do time catarinense está no gol. Isso porque Maurício Kozlinski recebeu o terceiro amarelo na vitória por 1 a 0 sobre o CSA e cumprirá suspensão. Aranha, de 38 anos, seria a primeira opção, mas ainda não está totalmente recuperado de uma lesão no tornozelo e vem treinando em separado. Por coincidência, no ano passado ele foi rebaixado com a Ponte Preta, clube onde foi formado.

Assim, a missão de segurar o ataque pontepretano deve recair sobre o experiente Rubinho - irmão do ex-volante Zé Elias. Ex-Corinthians e Juventus-ITA, o goleiro de 36 anos disputou apenas uma partida nesta temporada: no empate com a Chapecoense, por 2 a 2, no dia 1º de abril.

Outra mudança forçada será na lateral-esquerda. Sem Igor Fernandes, lesionado, e Capa, expulso, Geninho vai escalar Iury. Nas demais posições, o time será mantido. Mesmo com Rodrigão recuperado de amidalite, Daniel Amorim deve seguir entre os titulares.

O último treinamento antes do jogo está marcado para a manhã desta sexta-feira e mais uma vez deve ser fechado para a imprensa. Na terceira colocação, com 60 pontos, o time catarinense depende apenas de si para conquistar o acesso à elite. Com um empate, carimba o acesso à elite. Se perder, vai precisar torcer pela derrota do CSA diante do Juventude, em Caxias do Sul (RS).

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade