0

Após vitória, Luxemburgo já sonha com vaga na Sul-Americana para o Vasco

Treinador se mostrou satisfeito com o desempenho da equipe no triunfo por 2 a 1 sobre o Atlético-MG

2 out 2019
22h35
  • separator
  • 0
  • comentários

A vitória e virada do Vasco sobre o Atlético-MG, por 2 a 1, nesta quarta-feira à noite, em jogo atrasado da 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro, rendeu muitos elogios ao técnico Vanderlei Luxemburgo.

Ele teve seu nome gritado pelos torcedores presentes no Independência e deixou o campo falando até em brigar por uma vaga na Copa Sul-Americana. Um luxo para quem só comentava antes sobre escapar da zona de rebaixamento. O time já é o 13º colocado, com os mesmos 27 pontos do Botafogo, atrás apenas no número de vitórias (8 contra 7), último time que está obtendo uma vaga no torneio.

"Acho que estamos melhorando e já podemos até pensar numa vaga na Sul-Americana. Sei que não dá para brigar pelo título, mas podemos ir mais além do que todos pensavam", disse o treinador, ainda na beira do gramado, sorrindo à toa.

"Estou muito feliz, renovado, porque o futebol está no meu DNA. A minha família não queria que eu voltasse a trabalhar, mas não dá para ficar de fora, só olhando", concluiu.

Em relação ao time, ele voltou a elogiar a disposição e unidade dos jogadores "que estão com vontade para vencer". O segredo, segundo ele, foi unir os mais experientes com alguns jovens talentos e trabalhar duro.

Apesar de Rossi ter feito um gol e dado uma assistência mesmo saindo do banco de reservas, o herói vascaíno foi o volante Marcos Júnior, que marcou o gol da vitória aos 48 minutos do segundo tempo.

"Quem está no nosso dia a dia sabe que somos um grupo batalhador, que merece brigar por coisas maiores. E estamos mostrando isso dentro de campo. Às vezes o resultado não vem, mas estamos sempre lutando", comentou Marcos Júnior.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade