1 evento ao vivo

Após susto nas oitavas, jogadores do Palmeiras negam vaga garantida

Elenco vibra com vitória por 2 a 0 sobre o Colo-Colo, pela Libertadores, mas relembra ainda sufoco com o Cerro

21 set 2018
00h41
atualizado às 00h44
  • separator
  • 0
  • comentários

A lembrança das oitavas de final faz o Palmeiras não se acomodar para o jogo de volta das quartas de final da Copa Libertadores contra o Colo-Colo. Assim como fez nesta quinta-feira, na vitória em Santiago, na etapa anterior, contra o Cerro Porteño, do Paraguai, o time também ganhou por 2 a 0 fora de casa na ida, depois passando sufoco e tendo a classificação ameaçada no duelo de volta, no Allianz Parque.

"Ainda não ganhamos nada. Foi só um passo importante para a nossa classificação. No futebol pode acontecer de tudo", afirmou o atacante Dudu, autor do segundo gol, ao SporTV. "Vamos manter o respeito com a equipe do Colo-Colo. É bom ter os pés no chão, não tem nada definido", comentou o atacante Willian.

Contra o Cerro Porteño, o Palmeiras avançou com a derrota por 1 a 0, em jogo marcado pela expulsão de Felipe Melo aos três minutos do primeiro tempo. O volante cumpriu suspensão em Santiago e aguarda julgamento da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) para saber se terá uma suspensão mais longa. Naquele revés, o time por pouco não sofreu o segundo gol, o que levaria a decisão para os pênaltis.

Na partida de volta, em 3 de outubro, novamente o Palmeiras poderá perder por um gol de diferença que estará classificado. Se o Colo-Colo devolver os 2 a 0, a vaga será disputada nos pênaltis e se os chilenos triunfarem por três gols de diferença, garantirão a classificação no tempo normal.

A situação favorável não ilude os palmeirenses. "É difícil perdermos a vaga, mas não se pode relaxar. O Colo-Colo é um time experiente. Até poderíamos ter feito mais um gol", comentou Willian. O elenco retorna ao Brasil e vai direto para o Recife, onde no domingo enfrenta o Sport, pelo Campeonato Brasileiro.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade