0

Após perder de pedreiras, Santos mira arrancada contra times com risco de queda

Equipe santista encara o Fluminense, que encabeça a zona de rebaixamento, depois o CSA, que ocupa a 16ª posição na tabela e na sequência o Vasco, atual 13º colocado do Brasileirão

24 set 2019
09h41
atualizado às 09h41
  • separator
  • 0
  • comentários

Depois de ter sido superado por Flamengo (1 a 0, no Maracanã) e Grêmio (3 a 0, na Vila Belmiro), em dois jogos nos quais sucumbiu diante de pedreiras, o Santos mira uma nova arrancada em partidas contra equipes que hoje ocupam a parte de baixo da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

O primeiro destes desafios será nesta quinta-feira, quando encara o Fluminense, às 20 horas, no Maracanã, onde terá pela frente um time que encabeça a zona de rebaixamento, em 17.° lugar. Depois disso, os santista pegam o CSA, hoje o 16.° na tabela de classificação, no domingo, na Vila Belmiro, antes de voltarem a atuar no sábado seguinte diante do Vasco, atual 13.° colocado, em São Januário, novamente no Rio de Janeiro.

Serão três jogos em um intervalo de 10 dias, fato que também vai colocar à prova a condição física da equipe comandada pelo técnico argentino Jorge Sampaoli, que antes vinha atuando apenas nos finais de semanas pelo Brasileirão.

O volante Alison admitiu na última segunda-feira que o desgaste é um fator que preocupa o time alvinegro, mas ele crê que o elenco conseguirá superá-lo. "A gente tem menos tempo de recuperação, mas a gente joga o Brasileiro há algum tempo e estamos acostumados com isso. A gente consegue recuperar e o clube tem todo um trabalho para ajudar (a atenuar o desgaste). Isso não vai nos atrapalhar", apostou.

O Santos não atua em um meio de semana desde o dia 12 de junho, quando venceu o Corinthians por 1 a 0, na Vila Belmiro, em seu último jogo antes da parada do Brasileirão motivada pela disputa da Copa América em solo nacional.

Após esta série de três jogos contra rivais que lutam para deixar a parte de baixo da tabela de classificação, o Santos voltará a encarar uma pedreira: o clássico contra o Palmeiras, atual vice-líder do Brasileirão, no dia 9 de outubro, na Vila Belmiro, pela 24.ª rodada.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade