1 evento ao vivo

Após partida fraca, United vira nos acréscimos contra o Bournemouth

3 nov 2018
11h42
atualizado às 11h42
  • separator
  • comentários

Depois de um começo desastroso, o Manchester United conseguiu arrancar uma vitória de virada por 2 a 1 contra o Bournemouth, grande surpresa deste Campeonato Inglês, no Dean Curt, neste sábado. Em partida válida pela  11ª rodada da competição, os Reds fizeram um péssimo primeiro tempo, mesmo com o gol, e melhoraram na segunda etapa, alcançando o tento da virada nos acréscimos. Os gols foram marcados por Martial e Rashford.

Com o resultado, o United sobe uma posição, em sétimo, abaixo justamente do adversário do dia, o Bournemouth, que estacionou nos 20 pontos e perdeu a oportunidade de ocupar a quarta colocação.

Na próxima rodada, José Mourinho e companhia visitam o Etihad Stadium para enfrentar o City de Pep Guardiola, lembrando que, antes, possui um duelo pela Liga dos Campeões contra a Juventus, na quarta-feira. Já o Bournemouth tem pela frente o Newcastle, em casa, no próximo sábado.

O jogo

Sem Lukaku, que sentiu um problema físico na sexta-feira, o United foi a campo com Alexis Sánchez. A primeira grande oportunidade foi dos donos da casa, que tiveram uma bola defendida de Fraser, que chutou rasteiro entre as pernas de De Gea. Em seguida, mais duas oportunidades para o Bournemouth, a primeira com Smith e a segunda com Wilson.

Aos 11 minutos, porém, Wilson não desperdiçou e abriu o placar no Dean Curt, após cobrança de escanteio, configurando um placar justo para o que vinha sendo apresentado até então. Na sequência, mais chances para a equipe de Eddie Howe, com Brooks, Smith, Stanislas…

A resposta, enfim, veio aos 34 minutos, com o gol de empate de Martial, na única oportunidade clara dos Reds. Alexis Sánchez fez jogada pela direita com Ashley Young, entrou na área e cruzou para trás, onde Martial entrou sozinho para completar no fundo das redes.

Na segunda etapa, o panorama não mudou muito. O Bournemouth pressionou logo no início, com jogada de Fraser e Brooks, e a resposta veio com Alexis Sánchez somente aos 15, seguida de outro lance de perigo com Ander Herrera.

A equipe de Mourinho voltou um pouco mais focada e quase chegou ao gol da virada aos 18. Ashley Young acertou a trave em cobrança de falta e, no rebote, sufoco na área, com chutes de Rashford e Pogba, salvos em cima da linha. O quase gol fez os Reds irem para cima, mas o Bournemouth criou uma chance com Gosling e depois com Brooks, esfriando a partida.

Quase no fim do jogo, o goleiro do Bournemouth fez uma bela defesa após chute cruzado de Lingard, mas não evitou a virada após domínio de Rashford na área, que teve a tranquilidade necessária para fazer o segundo gol do Manchester United.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade