3 eventos ao vivo

América-MG vence, entra no G4 e empurra o Luverdense para o Z4

23 jun 2017
23h42
atualizado às 23h42
  • separator
  • comentários

O Coelho bateu o Luverdense por 3 a 0 na noite desta sexta-feira, no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde. O resultado joga o América para o G4, e, por outro lado, deixa o time da casa dentro da zona de rebaixamento para a Série C.

O América construiu sua vitória no primeiro tempo. Primeiro com Renan Oliveira, antes da metade da etapa inicial, e o segundo quase no finalzinho, com Luan, de pênalti. Na etapa final, o alviverde de Minas Gerais apenas segurou sua vantagem e não se arriscou. No penúltimo minuto do tempo regulamentar, o Coelho deu números finais ao confronto com Neto Moura.

A vitória coloca o América na 3ª colocação, com 16 pontos, dois a menos que o líder Juventude. Já o Luverdense tem 11 tentos e está na 18ª posição.

O América volta a campo no próximo sábado (01), no Independência, em Belo Horizonte, às 19h (de Brasília). O Luverdense vai ao Mangueirão, enfrentar o Paysandu, na próxima sexta-feira, às 19h15.

Primeiro tempo

O encontro entre Luverdense e América iniciou movimentado. E não demorou até o primeiro gol do jogo acontecer. Aos 19, Renan Oliveira aproveitou o vacilo da zaga adversária, pegou a sobra da bola e colocou a redonda no fundo das redes.

Após o gol o América ficou mais fechado. O clube mineiro fez o gol e passou a errar na marcação e sofrer. O Luverdense aproveitava o lado direito do Coelho para chegar com mais facilidade. Algo que chamava atenção, no entanto, era a quantidade de chutes de longa distância feitos pelos donos da casa.

Enquanto o Luverdense buscava o empate, caindo pela esquerda e tentando com mais jogadores no campo de ataque, o América tinha a sua disposição o contra-ataque. Isso, porém, pouco funcionava, já que o Coelho não acertava o passe para acionar seus atletas abertos.

O segundo gol americano saiu em uma jogada bastante polêmica. Em lançamento para Hugo Almeida, o atacante dribla o goleiro, mas cai na área. O árbitro disse não ter acontecido nada e daria um cartão amarelo para o americano, por simulação. O bandeirinha, porém, auxiliou o árbitro e o pênalti foi marcado. De fato, o arqueiro segurou o braço do avante alviverde. Na cobrança, Luan mandou na direita do goleiro que quase pegou.

Depois de sofrer o segundo gol, o Coelho levou nova pressão e por pouco não sofreu o tento, mas a bola parou na trave.

Segundo tempo

O Coelho voltou para a etapa complementar com a tranquilidade de ter o resultado a seu favor e dois gols de vantagem. Diante disso, a equipe de Enderson Moreira aguardava o Luverdense e não se arriscava.

O Luverdense tentava agredir, mas o Coelho era muito seguro. A zaga fazia uma boa partida e os momentos de riscos contra a meta de João Ricardo eram raros.

Desesperados pelo resultado, o Luverdense passou a subir ao ataque sem organização suas chegadas, não tinha tanta organização em campo, mas, ainda assim, pouco risco apresentava. O América, mais organizado, evitava sustos e garantia sua presença no G4.

Aos 44, Neto Moura recebeu na frente e chutou, quase sem ângulo. A bola passou entre as pernas do goleirão e o placar foi ampliado.

FICHA TÉCNICA

LUVERDENSE 0 X 3 AMÉRICA-MG

Local: Passo das Emas, Lucas do Rio Verde (MT)

Data: 23 de junho de 2017, sexta-feira

Horário: 21h30(de Brasília)

Árbitro: Renan Roberto de Souza (PB)

Assistentes: Luis Filipe Gonçalves Correa (PB) e Oberto da Silva Santos (PB)

Cartões amarelos: LUVERDENSE Aderlan, Diogo Silva, Pablo, Léo Cereja

GOLS:

AMÉRICA-MG Renan Oliveira, aos 19 minutos do primeiro tempo, Luan, aos 43 minutos do primeiro tempo

LUVERDENSE: Diogo Silva; Aderlan (Douglas Baggio), Pablo, Neguete e Paulinho; Ricardo, Moacir e Léo Cereja; Marcos Aurélio (Raphael Macena), Rafael Ratão (Erik) e Rafael Silva

Técnico: Júnior Rocha

AMÉRICA-MG: João Ricardo, Christian Sávio (David), Messias, Rafael Lima, Pará, Zé Ricardo, Ernandes, Renan Oliveira, Hugo Cabral (Mike), Luan, Hugo Almeida (Neto Moura).

Técnico: Enderson Moreira

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade