0
Logo do Liga dos Campeões
Foto: Terra

Liga dos Campeões

Ajax bate Tottenham e larga na frente na semifinal da Liga dos Campeões

Donny van de Beek marca o gol da vitória por 1 a 0, em Londres, e time holandês fica mais perto da decisão

30 abr 2019
18h38
atualizado às 18h38
  • separator
  • comentários

O Ajax derrotou o Tottenham por 1 a 0, nesta terça-feira, em Londres, no primeiro duelo da semifinal da Liga dos Campeões. Com a vitória, o time holandês só precisa de um empate, no dia 8 de maio, em Amsterdã, para garantir vaga na decisão, em Madri, dia 1º de junho. Barcelona e Liverpool se enfrentam nesta quarta-feira, às 16 horas (de Brasília), na Espanha, na abertura da outra semifinal.

Campeão europeu nas temporadas 1970/1971, 1971/1972, 1972/1973 e 1994/1995, o Ajax luta pela quinta taça, enquanto o Tottenham sonha com a primeira conquista continental. Paralelamente a este mata-mata, os dois times ainda miram jogos decisivos em seus campeonatos nacionais.

O time dirigido por Erik ten Hag briga com o PSV pela liderança a dois jogos do fim do Holandês. Ambos somam 80 pontos, mas a competição só volta a ser disputada dia 12. Já a equipe londrina defende o terceiro lugar na Inglaterra e briga para ficar com uma vaga na Liga dos Campeões da próxima temporada. Tem jogo sábado, diante do Bournemouth.

Nesta terça-feira no novo estádio do Tottenham, as duas equipes começaram o jogo com forte marcação na saída de bola do adversário. A grande festa da torcida inglesa não abateu o jovem time holandês, que repetiu a mesma forma de atuar utilizada frente a Real Madrid e Juventus, respectivamente nas oitavas de final e nas quartas, fases em que saiu vencedor no campo do adversário.

E o gol do Ajax não demorou a sair. Após jogada iniciada pela esquerda com David Neres, Hakim Ziyech descobriu Van de Beek, livre e em posição legal, dentro da área. Com calma e tranquilidade, o meia abriu o placar, aos 14 minutos.

Com a vantagem no placar, o Ajax passou a dominar as ações. Os holandeses quase ampliaram, aos 23, após linda tabela entre Tadic e Van de Beek. Lloris impediu.

O Tottenham só foi se recuperar do gol sofrido nos minutos finais da primeira etapa. Lucas Moura apareceu bem em duas jogadas, mas parou na zaga do Ajax. Aos 48, o zagueiro Alderweireld quase empatou, ao cabecear, após cobrança de falta pela direita. Sissoko tentou de fora da área e errou por pouco no último lance do primeiro tempo.

A etapa final também começou intensa. Aos poucos, o Tottenham foi aumentando a pressão, ao deixar o Ajax apenas em seu campo, impedindo os rápidos contra-ataques holandeses. Dele Alli acertou bonito sem-pulo, mas a bola foi em cima de Andre Onana.

Com muita movimentação e rapidez pela direita, Lucas Moura foi o principal jogador do Tottenham, que sentiu muito a ausência do sul-coreano Son (suspenso) e do astro Kane (machucado). O grandalhão veterano Llorente brigou muito, mas não teve sucesso diante da boa zaga adversária, liderada pelo capitão Matthijs de Ligt, de apenas 19 anos.

A bola foi do Tottenham, que jogou boa parte da etapa final na intermediária do Ajax, mas não teve criatividade para superar a barreira do rival. Muitas bolas foram perdidas por erros nos passes e lançamentos da equipe inglesa.

De tanto tentar, o Tottenham abriu espaços em seu campo e quase tomou o segundo gol, aos 33 minutos. Em rápido contra-ataque, Tadic rolou para David Neres mandar a bola na trave esquerda de Lloris, que apenas torceu.

Os minutos finais foram de desespero para o Tottenham e seus torcedores, enquanto os holandeses não paravam de cantar nas arquibancadas. A festa foi bonita, ao contrário do que eles haviam feito pela manhã em Londres, quando alguns fanáticos foram presos pela polícia inglesa por causa de desordem.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade