1 evento ao vivo

Abel Braga pede demissão do Flamengo após reunião com diretoria

Desgastado pelas críticas, técnico deixa o cargo; português Jorge Jesus é o favorito para assumir

29 mai 2019
16h16
atualizado às 16h18
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico Abel Braga pediu demissão do Flamengo nesta quarta-feira. A decisão foi anunciada na parte da tarde pelo presidente do clube, Rodolfo Landim. Após semanas de muita pressão interna, protestos da torcida, desgaste com dirigentes e atuações instáveis da equipe, o treinador de 66 anos optou por se reunir com a diretoria e anunciar a saída do cargo. O nome mais cotado para substituí-lo é o português Jorge Jesus, ex-comandante de Benfica e Sporting.

Abel retornou ao Flamengo no início desta temporada e teve um começo promissor em janeiro. O time venceu a Flórida Cup, ao derrotar o Ajax na decisão, e iniciou o ano otimista. Ao longo do calendário, porém, a equipe não apresentou bom rendimento e sofreu com a cobrança da torcida para corresponder ao alto investimento realizado em reforços, como as chegadas de Arrascaeta, Rodrigo Caio, Gabriel e Bruno Henrique.

Abel Braga não resistiu à pressão no Flamengo e deixou o cargo
Abel Braga não resistiu à pressão no Flamengo e deixou o cargo
Foto: Divulgação/Flamengo / Estadão

O título do Campeonato Carioca não amenizou esse clima de insatisfação. Como ao mesmo tempo o Flamengo enfrentou dificuldades na fase de grupos da Copa Libertadores, a torcida continuou a protestar. O Campeonato Brasileiro aumentou a pressão. Na última rodada, a equipe recebeu algumas vaias no Maracanã enquanto conseguia uma virada nos minutos finais diante dos reservas do Athletico-PR.

Nos bastidores a diretoria era pressionada para demitir o técnico. Pesou para a saída do treinador o plano do clube de utilizar a parada para a Copa América para preparar o time para o segundo semestre, avaliar possíveis reforços e ter uma formação mais ajustada para a sequência da temporada, que terá compromissos como as oitavas de final da Copa Libertadores.

Nos próximos jogos do time, quem ficará no comando é o auxiliar técnico Marcelo Salles. O Flamengo tem mais quatro jogos até a parada para a Copa América: três pelo Campeonato Brasileiro e um pela Copa do Brasil, diante do Corinthians.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade