PUBLICIDADE

Jogadores dos Eagles recusam visita à Casa Branca

Time venceu o Super Bowl no último domingo

7 fev 2018 13h37
| atualizado às 13h51
ver comentários
Publicidade

Parte dos jogadores do Philadelphia Eagles, time que venceu o Super Bowl no último domingo (4), se negou a visitar a Casa Branca para participar de uma recepção promovida pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A presença dos atletas campeões da NFL, assim como de outras modalidades esportivas, é uma tradição da Casa Branca.

"Pessoalmente, não pretendo ir a esse encontro", disse Malcolm Jenkins
"Pessoalmente, não pretendo ir a esse encontro", disse Malcolm Jenkins
Foto: Reuters

Até o momento, quatro jogadores dos Eagles já anunciaram que não irão participar do evento: o safety Malcolm Jenkins, o defensive end Chris Long, o wide receiver Torrey Smith e o running back LeGarrette Blount. "Eu não me sinto bem-vindo naquela casa. Vou dizer apenas isso", afirmou Blount.

Chris Long também anunciou que não irá ao evento de Trump
Chris Long também anunciou que não irá ao evento de Trump
Foto: Reuters

"Pessoalmente, não pretendo ir a esse encontro", comentou Jenkins para a emissora "CNN".

Long e Blount também foram campeões em 2017 do Super Bowl com o New England Patriots, e neste ano, novamente, vão boicotar o encontro com o presidente norte-americano na Casa Branca.

A cerimônia dos jogadores dos Eagles com Trump ainda não tem data marcada para ser realizada. A relação de Trump com os atletas da NFL é bem conturbada. Ao longo da temporada, diversos jogadores se ajoelharam durante o hino nacional para protestar contra o racismo e a violência da polícia norte-americana, sendo muito criticados por Trump.

Veja também

Times vetam uso de árbitro de vídeo no Campeonato Brasileiro:

 

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade