PUBLICIDADE
Logo do

Fortaleza

Favoritar Time

Torcedor do River Plate atira banana contra torcida do Fortaleza

Vídeo que circula nas redes sociais mostra que fruta foi atirada por torcedor do River Plate

14 abr 2022 - 00h14
(atualizado às 09h27)
Ver comentários
Publicidade
Banana é atirada contra torcedores do Fortaleza em derrota para o River Plate - Reprodução/Twitter Alanio Pereira
Banana é atirada contra torcedores do Fortaleza em derrota para o River Plate - Reprodução/Twitter Alanio Pereira
Foto: Lance!

Infelizmente, não foram apenas os lances da vitória por 2 a 0 do River Plate sobre o Fortaleza nesta quarta-feira (13), pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores, que acabaram sendo notícia dentro do confronto disputado na Argentina.

Isso porque um torcedor do River Plate foi flagrado atirando uma banana em direção ao local onde estavam os torcedores do Fortaleza no Mâs Monumental. O fato foi, inclusive, flagrado em vídeo que circula nas redes sociais por conta da publicação feita pelo jornalista Alanio Pereira.

É possível notar nas imagens que outros torcedores ao redor percebem a atitude que será tomada pelo torcedor riverista e chegam, inclusive, a rir do fato.

Veja o vídeo:

 

 

River Plate repudia

Após a ampla divulgação em vídeo do ocorrido, o River Plate veio à público repudiar o ato racista e xenófobo cometido por seu torcedor e prometeu esforços para identificar os homens que cometeram os atos.

"O River Plate expressa sua absoluta rejeição aos gestos racistas e xenófobos de um torcedor em relação ao lado visitante e anuncia que já está implementando as medidas correspondentes para identificar o culpado e aplicar as sanções cabíveis", disse o clube argentino em nota.

O Fortaleza também usou as redes sociais para se manifestar sobre o ocorrido. O time tricolor ponderou que foi bem recebido em sua passagem por Buenos Aires, capital da Argentina, mas cobrou punição ao torcedor que cometeu o ato racista.

"O Fortaleza Esporte Clube repudia, de forma veemente, o ato de racismo e xenofobia ocorrido no Estádio Monumental de Núñez por um torcedor da equipe local. O clube foi bem recebido, a torcida desfrutou Buenos Aires por inteira e o crime, em específico, machuca o esporte. O racista e xenófobo deve ser identificado, localizado e punido pelas autoridades competentes.", iniciou o Fortaleza em manifestação em suas páginas oficiais.

"Somos dois milhões de torcedores e torcedoras, somos de todas as classes e de todas as cores. O River Plate, um dos maiores clubes do Mundo, nos recebeu de forma educada, honrosa, o que nada se compara ao ato em questão. Racismo e xenofobia são crimes, e nossa instituição reforça o pedido de um posicionamento oficial da Conmebol Libertadores para a rápida identificação do autor para que todas as medidas cabíveis sejam tomadas", expressou o clube cearense em nota.

Os times voltam a se encontrar no dia 5 de maio, às 19h. Dessa vez, o duelo será em Fortaleza, na Arena Castelão.

*Com Estadão Conteúdo

Lance!
Publicidade
Publicidade