2 eventos ao vivo

Boeck exalta crescente do Fortaleza e defende Derley após confusão

18 mar 2019
16h54
  • separator
  • comentários

No segundo Clássico-Rei do ano, Fortaleza e Ceará ficaram no empate por 1 a 1 em partida quente realizada no último domingo, pela Copa do Nordeste. Completando 100 jogos com a camisa do Tricolor do Pici, o goleiro Marcelo Boeck exaltou a exibição das duas equipes e destacou a evolução dos comandados de Rogério Ceni.

"Acho que foi um grande jogo, um grande espetáculo. Esses dois últimos clássicos mostraram a grandeza e a qualidade dos dois times. Lógico que queríamos vencer, buscar a nossa classificação, mas infelizmente não conseguimos. A gente tem muita consciência que estamos evoluindo na parte tática e técnica. Estamos criando chances e sofrendo poucos gols, agora é total foco no Floresta porque temos grandes objetivos", disse o arqueiro.

Na etapa final, os ânimos esquentaram e os jogadores protagonizaram uma confusão, que culminou nas expulsões Leandro Carvalho e Derley. Acusado de provocar a torcida rival, o meio-campista foi defendido pelo companheiro.

"A gente sabe do que representamos não só dentro de campo, como fora também. De maneira alguma nós fomos desleais e queria abrir um parêntese para defender um colega de trabalho que foi acusado de sempre arrumar confusão", analisou Boeck.

"Em momento algum o Derley proferiu nada para a torcida do Ceará ou agrediu algum jogador do adversário. A gente sabe que vai ter palavrão, aquilo do clima quente, mas não foi ele que fez. Temos que ter cuidado quando acusamos alguém. Muito cuidado com a instituição Fortaleza, exigimos respeito porque temos a mesma atitude com eles. Agressão e desrespeito a gente não aceita", completou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade